Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Artigos

Artigos

01/10/2004

Adriano Rietjens: safrinha como alternativa de renda na entressafra

Há dez anos, Adriano Rietjens planta milho safrinha na Fazenda Ribeirão, em Itiquira, MT. Para Adriano, a safrinha significa uma boa alternativa de renda na entressafra, além de garantir a formação de resíduo vegetal de alta qualidade para o plantio direto. A sua safrinha é sempre planejada para ser plantada em meados de fevereiro sobre soja precoce, que é a melhor época para a implantação da lavoura de safrinha na região, o que, infelizmente, nem sempre é conseguido.

Nos híbridos escolhidos para a safrinha procura aliar tolerância à seca e doenças com precocidade, sempre em materiais de alta tecnologia. Adriano diz que “na média de 50.000 plantas é que tenho obtido os melhores rendimentos, mas posso mudar de acordo com o híbrido e a época de plantio, usando populações mais altas no plantio precoce”.

Na próxima safra, pretende utilizar, além do tratamento de sementes, a redução de espaçamento. Isto porque todos os experimentos indicam que existe a possibilidade de retorno, porém sem se descuidar da escolha correta dos híbridos, que foram motivo de ensaios na propriedade em 2004.

Na sua região, Adriano salienta que a maior dificuldade na safrinha é, sem dúvida, junto com o controle de pragas, conseguir plantar antes de 25 de fevereiro, o que compromete o nível de tecnologia empregado. “Quando conseguimos plantar em torno de 15 de fevereiro, investimos mais em adubação nitrogenada e com possibilidade de aumento de rendimento”, finaliza Adriano.​

Fonte: