Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

07/02/2014

SC: Apesar do calor e falta de chuva safra de grãos não será afetada

A temperatura elevada combinada com a falta de chuva já está causando prejuízos em algumas culturas agrícolas de Santa Catarina, principalmente na soja, nas hortaliças, temperos, folhosas e na pecuária bovina, além de muitos municípios já estarem fazendo o transporte de água para o abastecimento de granjas de suínos e aves. A avaliação é da Secretaria de Estado da Agricultura que considera que apesar desta situação, a safra de grãos deverá ser boa, pois o milho/safra já está com sua produção consolidada e a soja, caso volte a chover nos próximos dez dias, poderá se recuperar.

O secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, salienta que a todos os órgãos da Secretaria, por meio da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural) e do Ciram (Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina) estão monitorando a situação da falta de chuvas e a alta temperatura registrada no Estado. “Os valores dos prejuízos ainda não foram quantificados, mas há expectativa de volta de chuvas a partir da segunda quinzena deste mês”, destaca.

Sobre os apagões de energia elétrica, o secretário-adjunto Airton Spies explica que a combinação da temperatura elevada, a falta de chuva e de redes trifásicas nas propriedades estão ocasionando interrupções no fornecimento de energia nas propriedades agrícolas resultando em alguns, inclusive na mortandade de frangos e dificuldades nas operações diárias dos produtores como o ordenha mecânica, refrigeração de leite e fabricação de rações. Spies salienta que culturas como feijão, arroz irrigado já estão todas consolidadas e a maçã, que tem raízes profundas e não sofre tanto com a estiagem, será beneficiada com o calor neste período pois os frutos terão mais qualidade.

Como as estiagens são fenômenos climáticos frequentes em Santa Catarina a Secretaria da Agricultura e da Pesca estimula e orienta com seus programas a captação, armazenagem e uso racional de água de chuva nas propriedades rurais. “Recomenda-se que as prefeituras e produtores priorizem investimentos em captação e armazenagem de água da chuva através de cisternas, açudes ou reservatórios”, diz o secretário João Rodrigues.

Entre os programas da Secretaria, há o Projeto Água da Chuva que tem como objetivo incentivar os investimentos em sistemas de abastecimento de água nas propriedades rurais.  “Santa Catarina recebe em média de 1.800 a 2 mil milímetros de chuva por ano, o que é suficiente para uma boa produção agrícola, porém como este volume cai de forma irregular é imprescindível que o agricultor passe a adotar a irrigação como parte da estratégia de sustentabilidade de sua atividade”, observa Rodrigues. ​​
Fonte: