Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

24/04/2014

Exportação de soja - Volumes batem recorde

As exportações de soja em grão, remetidas de Mato Grosso, neste primeiro trimestre podem ser resumidas em uma frase: Volume cresce, mas receita cai. Conforme balanço divulgado ontem pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), os embarques apresentaram volumes inéditos de 3,57 milhões de toneladas, aumento de 85% em relação ao total escoado no primeiro trimestre de 2013. Apesar de o volume ter crescido, em virtude da safra recorde e demanda aquecida, as receitas não acompanharam o mesmo ritmo e a cotação da saca encolheu 6,66%. 

As divisas geradas pelo grão em março foram de US$ 1,22 bilhão, representando cerca de US$ 30,49/sc. O valor médio da soja para os embarques do primeiro trimestre ficou em US$ 30,52/sc contra os US$ 32,70/sc registrados no primeiro trimestre do ano passado, uma queda anual de 6,66%. 

Março foi o mês que mais contribuiu com o recorde físico das exportações do grão, ao enviar, também de forma inédita para o período, mais de 2,41 milhões de toneladas, aumentando em quase um milhão de toneladas o registrado em igual mês de 2013. 

Conforme destacam os analistas do Imea, este valor menor no preço da soja ocorreu pelo fato destes embarques terem sido negociados em 2013, quando o preço da oleaginosa era bem inferior ao atual. A expectativa é que os altos embarques do grão sejam mantidos, com a soja brasileira aproveitando dos baixos estoques dos Estados Unidos para aumentar suas exportações, até que a safra norte-americana venha para o mercado a partir de setembro. 

Neste primeiro semestre, o porto de Santos (SP) foi o principal ponto de escoamento da produção exportada. Cerca de 50,5% do volume enviado saiu de lá. 

OS EMBARQUES – Conforme o Imea, o volume de soja em grão enviado ao exterior pelo Brasil durante as duas primeiras semanas de abril de 2014, equivalente a nove dias úteis, foi de 3,6 milhões de toneladas. Este volume corresponde a 58% de toda a oleaginosa exportada no mês anterior, que teve 19 dias úteis para a realização do seu escoamento, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). 

Além disso, os volumes de soja embarcados pelo país nos nove dias úteis de abril já representam 50% dos embarques de abril de 2013, distribuídos em 22 dias úteis. Desta maneira, o volume diário de exportações brasileiras em abril está em 400 mil toneladas até então, superando aos embarques diários de 328 mil toneladas do mês passado e de 325 mil toneladas realizados em abril de 2013. 

Como apontam os analistas do Instituto, o maior motivador para este aumento nos embarques de abril é a grande oferta, que desta vez segue aliada à demanda, que segue bastante aquecida em razão dos baixos estoques mundiais neste momento.

 ​​
Fonte: