Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

25/04/2014

Valor da produção agropecuária paulista supera R$ 57,7 Bilhões

As safras dos produtos agropecuários no Estado de São Paulo em 2012/13 foram beneficiadas por condições climáticas favoráveis nas principais regiões produtoras, com o segmento de grãos apresentando aumento de produção, em decorrência de expansão da área e de incremento da produtividade, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA-Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. A produção de cana-de-açúcar aumentou em 2013, dada a expansão da área e do aumento da produtividade. No caso do café, observou-se queda da produção, com a safra na fase de bienalidade negativa, revertendo a situação da safra de 2012.

O Valor da Produção Agropecuária (VPA) do Estado de São Paulo em 2013 superou os R$ 57,7 bilhões. O único grupo com queda é o de produtos para indústria. “As reduções dos preços de laranja para indústria e do café são os fatores que mais impactam a queda do valor da produção de produtos para indústria no Estado de São Paulo em 2013”, afirmam Alfredo Tsunechiro, Paulo José Coelho, Denise Caser, Carlos Bueno, Eder Pinatti, Danton Bini e Eduardo Castanho Filho, autores do artigo.

Os produtos que apresentam maior crescimento de valor, em termos relativos, são: repolho (99,7%), batata (97,4%), trigo (88,9%), batata doce (77%), pimentão (75,8%), melancia (61,3%) e beterraba (59%). As maiores quedas foram apresentadas pelo triticale (44,8%), café (44,1%), laranja para indústria (29,2%), algodão (27,6%).

O valor da produção da cana-de-açúcar, principal produto da agropecuária paulista, cai 2,1% em 2013, devido à redução dos preços, a qual não foi compensada pelo aumento da produção. A participação da cana-de-açúcar no valor da produção agropecuária total do Estado se situa em 46,7%, ligeiramente abaixo do valor apresentado em 2012 (48,4%).

A estimativa do valor da produção agropecuária das regiões do Estado será apresentada em breve.​
Fonte: