Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

29/04/2014

Preço da soja em MT está 26% maior que ano passado

Os preços praticados no mercado interno mato-grossense para a soja disponível têm se apresentado bastante elevados no início de 2014. A constatação foi apresentada, esta tarde, pelo IMEA, Instituto Mato-grossense em Ecomia Agropecuária. "Desde a primeira semana de janeiro até a penúltima semana de abril os preços diários levantados apresentaram média estadual de R$ 53,87 por saca, a maior média nominal histórica para esse período, 16% maior do que em 2013 e 28% superior a 2012. A valorização das cotações da commodity em Chicago, de 14% do início do ano até então, é sustentada pela forte demanda internacional da oleaginosa e também pelos baixos estoques norte-americanos, o que impacta positivamente nos preços internos. Os preços praticados na última semana em Mato Grosso apresentaram- se, em média, 26% mais elevados do que no mesmo período do ano anterior. Assim, a semana encerrou com média estadual de R$ 55,30/sc". constata o instituto.

Para o mercado futuro, o IMEA aponta que, durante a última semana as cotações de soja para o contrato de maio/2014 operaram abaixo dos US$ 15,00/bushel na Bolsa de Chicago, contrariando a movimentação apresentada na semana anterior. Nos três primeiros dias da semana o contrato de maio apresentou três pregões consecutivos de baixa, somando queda de 47 pontos ao final das três sessões. Esse movimento de queda foi reflexo da atuação dos fundos de investimentos e boatos a respeito do ritmo da demanda chinesa. Após as quedas sofridas, os dois últimos dias da semana apresentaram altas, sobretudo, no pregão de sexta-feira, quando a oleaginosa apresentou recuperação de 26 pontos, encerrando o dia com cotação de US$ 14,98/bushel, dando continuidade ao movimento de alta do dia anterior. Apesar das oscilações apresentadas na semanaa tendência para as cotações da soja ainda é positiva​
Fonte: