Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

08/05/2014

Farsul recomenda produtores a ter cautela no preenchimento do CAR

Com publicação da Instrução Normativa (IN) número 2, nesta terça-feira (06.05), passa a correr o prazo de pelo menos um ano, prorrogável por mais um, para que os produtores rurais preencham o Cadastro Ambiental Rural (CAR). O Sistema Farsul recomenda os produtores a se capacitarem antes da entrega da declaração, podendo procurar os sindicatos rurais para se informar. “É necessária muita cautela, porque este é um cadastramento que envolve muitos detalhes, da análise das características de cada propriedade rural ", explicou o assessor de Desenvolvimento Sustentável do Sistema Farsul, Eduardo Condorelli.

Para auxiliar produtores, técnicos e sindicatos rurais a realizarem o cadastramento, o Sistema Farsul deve disponibilizar, em parceria com outras entidades do setor, através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado (Senar-RS), treinamentos específicos. Nos próximos dias, deve ser divulgada a agenda de capacitações.

A publicação da IN terminou com a expectativa envolvendo o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que vinha desde outubro de 2012, quando o Código Florestal foi aprovado. “Por força de lei, o CAR é de caráter declaratório, ou seja cada produtor indica o que existe em sua propriedade, logo existe o risco de se prestarem informações equivocadas as quais poderão acarretar em problemas para ele próprio”, destacou Condorelli. “Vemos como um desafio muito grande, pois imaginamos que o prazo é bastante apertado”, explicou.

Por outro lado, a edição da instrução normativa simplifica a burocracia que envolvia a questão ambiental dos imóveis rurais e esclarece como deve ser feito o processo. Será utilizado um sistema semelhante ao da declaração de imposto de renda, onde o produtor baixa no computador um programa, desenha os mapas da propriedade em foto de satélite, informa os dados e envia para o sistema. A expectativa é de que sejam feitos mais de 450 mil cadastros no Estado.
Fonte: