Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

21/05/2014

Mato Grosso exporta mais carne bovina e resultado financeiro cresce

O Imea concluiu que devido ao caso atípico do mal de vaca louca, em apenas um animal na região de São José dos Quatro Marcos, não houve impacto nas exportações de carne feitas por Mato Grosso, considerando que todas as medidas de defesa foram tomadas, e ficou restrito a apenas uma vaca.

Os dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) de abril revelaram aumento no volume e receita de carne bovina mato-grossense exportada, tanto na comparação mensal quanto na comparação anual.

Esmiuçando os dados, observa-se um aumento de 13,85% no volume quando se compara março com abril. Assim, no mês de março foram embarcadas 24,29 mil toneladas e em abril o volume foi de 27,66 mil. Analisando a receita obtida mês passado nota-se que o total arrecadado foi de US$ 102,43 milhões, sendo 21,18% maior que o montante arrecadado em março, quando foram exportados US$ 84,53 milhões. Realizando a comparação anual atenta-se para um aumento no volume exportado e na receita obtida pelas indústrias frigoríficas. Os resultados obtidos em abril demonstram que foi mantida demanda externa elevada.

O IMEA expôs que houve temor em parte do mercado relativo a preços e à demanda externa, às exportações. "Fato é que os preços não sentiram os efeitos do evento atípico do mal da vaca louca e a prova disso é a valorização do boi gordo em 1,71% do dia do evento até a sexta-feira. Com relação às exportações não foi confirmado o temor, registrando em abril um aumento de 13,85% em volume e 21,18% em receita, quando comparado ao mês anterior.

Entretanto, houve países que embargaram a carne estadual (Peru e Egito), sendo um ato do ponto de vista técnico inválido e uma das provas disso é que o nosso principal comprador de carne bovina, a Rússia, liberou mais uma planta para exportar, mostrando o potencial de elevação nas exportações da carne mato-grossense", conclui.
Fonte: