Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

05/06/2014

Brasil pode ampliar ainda mais exportações de frango

O diretor executivo global de assuntos corporativos da BRF, Marcos Jank, afirma que o Brasil ainda tem espaço para ampliar as exportações de frango, apesar de sua posição atual. Atualmente, o País é o terceiro maior produtor mundial de carne de frango, o segundo maior consumidor e também o maior exportador do setor.

“Com o consumo per capita de 42 quilos ao ano, o mercado interno brasileiro absorve 70% da nossa produção. A população e a renda per capita crescerão nos países emergentes, haverá uma urbanização ainda mais acelerada e há pouco países com recursos naturais, tecnologia, sanidade e disponibilidade de grãos para engrenar neste setor”, afirmou Jank.

“O Brasil é o maior exportador de frango Halal. Um mercado estratégico, formado por países que não consomem carne suína, incluindo a Arábia Saudita que importa cerca de 13% da carne de frango brasileira”, explica ele.

Na avaliação dele, a cadeia produtiva enfrenta desafios como protecionismo político e problemas logísticos. “Não estamos realizando acordos bilaterais como deveríamos fazer. O setor precisa estar atento também às novas preocupações dos consumidores, ligadas ao bem-estar e à sustentabilidade".

Ele falou durante palestra ministrada no II Encontro Tecnológico da Avicultura no MS, realizado nesta terça-feira (3), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul). Além da palestra do Marcos Jank, o evento contou com a participação do professor da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia, Paulo Lourenço da Silva, que falou da sanidade na avicultura de corte e do engenheiro agrônomo, Felipe Cordova da Rosa sobre a adequação aviária para a melhora da eficiência alimentar.​
Fonte: