Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

02/07/2014

Argentina: Reajuste na tarifa de frete de grãos

Ao final do último mês de maio, representantes da Federação de Transportadores Argentinos (Fetra) apresentaram para a Subsecretaria de Transportes Automotores o novo esquema de custos a partir do qual se determinam as tarifas indicativas de fretes.

A proposta de atualização apresentada pelo Fetra contempla um ajuste de 17,2% sobre os valores indicativos vigentes atualmente. Os representantes esperam que as autoridades da Subsecretaria oficializem as novas tarifas em algum momento do próximo mês de julho.

Para um frete de 300 quilômetros, o valor indicativo atual é de 265,0 pesos argentinos a tonelada. Com o ajuste proposto pelo Fetra, este valor passaria a ser de 310,7 pesos argentinos a tonelada (US$38,2/t).

A maior parte do custo do serviço de frete de grãos - sem considerar a renda das transportadoras - está compreendida pelo combustível (40%), seguida pelo salário e as cargas sociais do motorista (30%).

A normativa vigente determina que a tarifa indicativa é de uso obrigatório com uma margem mínima de 5% e um máximo de 15% com relação ao valor de referência.

A resolução 3292/12 da Afip determina que todas as guias de trânsito deverão incorporar obrigatoriamente "a tarifa de referência de frete estabelecida pela Subsecretaria de Transportes Automotores" e "a distância até o destino em quilômetros"​
Fonte: