Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

24/07/2014

Ministro dos Transportes firma compromissos com MT


Em reunião com uma comitiva de representantes da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) na terça (22), em Brasília, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, se comprometeu a licitar diversas obras rodoviárias em Mato Grosso.

“Conheço o potencial do Centro-Oeste e, em meu retorno ao ministério, quero trabalhar com o empenho que é indispensável nesta pasta”, disse Passos. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, foi um dos articuladores da reunião, a qual também acompanhou. 

As rodovias BR-080, BR-242, BR-158 e BR-163 são importantes para o escoamento da safra mato-grossense. O presidente da Aprosoja-MT, Ricardo Tomczyk, pediu agilidade no desembaraço de processos envolvendo licenciamento ambiental e, principalmente, regularização indígena - itens que adiam o avanço das obras e afetam o escoamento. “Há dificuldade para transportar a safra do estado. Estamos em plena colheita de milho, com preços baixos e ainda mais impactados pelos problemas de infraestrutura”, disse.

Durante a reunião, o diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Tarcísio Gomes de Freitas, informou que diversas licitações estão previstas para a conclusão das obras da BR-163, a mais importante rota de escoamento de Mato Grosso. Entre elas, a licitação de sete pontes programada para agosto, assim como o acesso ao porto de Miritituba, no Pará, e a licitação de outra empreiteira para o trecho de 58 km que estava anteriormente sob responsabilidade da Trimec.

Freitas também revelou que os anteprojetos da BR-158 e da BR-242 estão prontos e esta agilidade deve-se à parceria da Aprosoja-MT com o governo federal. “Isso não seria possível se a Aprosoja-MT não tivesse aportado recursos para os projetos. É um exemplo de sucesso que deve ser copiado”, frisou o diretor executivo do Dnit. Ele ressaltou que existem dificuldades nas questões indígenas, mas que estão sendo sanadas com ajuda do governo de Mato Grosso. Segundo Freitas, em agosto serão lançados os editais para a construção de oito pontes nos trechos onde já há asfalto na BR-242, e também para dois trechos para pavimentação do total de três do projeto. 

Em relação à BR-158, ainda há dificuldades de finalização das obras por causa do contorno de terras indígenas. Freitas afirmou que o objetivo é licitar a obra até setembro. Já sobre a BR-080, o projeto do trecho entre o rio das Mortes até a divisa com Goiás está atrasado, mas a expectativa é de que o projeto de todo o trecho até a divisa com Goiás esteja pronto no primeiro semestre de 2015.

Para o ministro Neri Geller, a união de esforços entre as entidades constituídas e o governo tem contribuído significativamente para as mudanças que estão ocorrendo na infraestrutura do Centro-Oeste. “O governo federal tem conhecimento da importância estratégica desta região para a economia do País e tem feito investimentos concretos na recuperação e construção de estradas, ferrovias e portos. Estamos acompanhando uma transformação que vai melhorar o escoamento da safra e reduzir o custo logístico para o produtor”, afirmou.

Também participaram da reunião os diretores da Aprosoja-MT José Rezende, Alexandre Schenkel, Adolfo Petry, Nelson Piccoli, Roland Trentini, o diretor executivo Marcelo Duarte e o consultor Djalma Fernandes.​
Fonte: