Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

30/07/2014

Barreiras foi o município baiano que teve maior crescimento das exportações no primeiro semestre


Como resultado do bom desempenho da agricultura baiana em 2014, as exportações do município de Barreiras obtiveram um incremento de 54,5% no primeiro semestre em comparação com igual período de 2013, alcançando US$ 130,4 milhões. A taxa foi a maior dentre os municípios baianos. Já no ranking do volume nominal das vendas externas baianas, Barreiras ocupa a 7ª colocação, com destaque para o bom desempenho nas exportações de soja, algodão e milho.

Pelas últimas previsões do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA/IBGE), as estimativas para a safra de grãos da Bahia como um todo, são de um crescimento de 44%, com uma produção física de 8,8 milhões de toneladas, superando em 2,7 milhões de toneladas a de 2013.

No primeiro semestre as vendas de produtos do agronegócio contribuíram positivamente para a balança comercial baiana ao registrarem crescimento de 1,5%. Mesmo assim, em que pese a expansão de 6,6% no volume total embarcado, as exportações baianas até junho, acusam redução de 5,6%, resultado da queda generalizada dos preços das commodities no mercado internacional e da redução nas vendas de produtos manufaturados.

O município de Camaçari lidera o ranking com exportações de US$ 1,2 bilhão, basicamente produtos petroquímicos e automóveis. Cerca de 28% das exportações baianas são geradas em Camaçari. A seguir, vem São Francisco do Conde, com um montante exportado de US$ 763,6 milhões, tendo como principal produto os derivados de petróleo.

Mucuri é o terceiro maior exportador da Bahia, com receita de USS 421,3 milhões, tendo a celulose como carro chefe. O município de Luis Eduardo Magalhães com US$ 372,6 milhões vem em quarto, e também se destaca pela exportação de grãos como soja e milho. Seguem-se, Dias D’ávila com as exportações de cobre e produtos da metalurgia, com um montante da ordem de U$$ 233,5 milhões e Eunápolis com exportações de US$ 210,3 milhões, na área de celulose.

A Bahia foi o décimo maior estado exportador do Brasil no primeiro semestre de 2014 com US$ 4,43 bilhões ou o correspondente a 4% das vendas externas brasileiras no período e lidera com folga o ranking no Nordeste com 59% de participação da região.

Fonte: