Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

07/08/2014

Estratégias de posicionamento de híbridos é um dos temas abordados no XXX CNMS

O XXX Congresso Nacional de Milho e Sorgo (CNMS) que aconteceu de 03 a 07 de agosto em Salvador/BA, contou com a participação do Gerente de Agronomia Brasil e Paraguai da DuPont Pioneer, Itavor Nummer Filho, abordando sobre as estratégias de posicionamento de híbridos de milho no mercado brasileiro.

Durante sua apresentação, Itavor destacou a importância de aceitar o fato de que não existe um híbrido perfeito que apresente elevadíssimo potencial produtivo, com ciclo adequado ao sistema de produção para todas as regiões do país. Pensando nisso, a criação de estratégias que permitam definir o híbrido a ser recomendado para cada região e propriedade, com a finalidade de reduzir os riscos negativos de uma escolha inadequada, é fundamental.

Segundo Itavor, anualmente são conduzidos cerca de 800 ensaios nas principais regiões produtoras do Brasil. Estes ensaios são realizados em propriedades de agricultores que são referência no bom manejo. Com as informações obtidas através destes ensaios, a DuPont Pioneer consegue medir em números a resposta de interação entre híbrido, ambiente e um manejo representativo, e assim, mapear os híbridos com probabilidades de maior sucesso para determinadas áreas.

Os aumentos drásticos no potencial genético da cultura do milho tem uma ligação direta com o desenvolvimento de híbridos cada vez mais produtivos, e embora esta evolução genética seja inegável, as maiores produtividades estão relacionadas também ao incremento no manejo das lavouras.

Diante dos testes realizados, o palestrante Itavor, finaliza ressaltando que embora existam condições de apresentar o melhor desempenho de um híbrido para uma determinada região, as variáveis do ambiente não podem ser esquecidas. Desta forma, em posse das informações relacionadas ao perfil dos híbridos, combinar dois ou mais, com características complementares, ajuda a mitigar possíveis perdas de produtividade, trazendo uma média de resultado positivo.
 
Fonte: