Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

15/08/2014

América Latina deve produzir 600 milhões de toneladas de soja em 2050

A safra de soja latino-americana vai dobrar, atingindo 600 milhões de toneladas em 2050. A projeção é da consultoria de negócios Bain & Company, que analisou a região do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) e a Bolívia.
 
Para a próxima década, a soja deve apresentar um crescimento anual entre 3 e 4%, segundo a Bain. A evolução da produção brasileira deve apresentar crescimento anual entre 12 e 15% no Mapito (região de intersecção entre Maranhão, Piauí e Tocantins). Mato Grosso, líder brasileiro na produção de soja, também deve crescer, registrando um incremento de até 10% no leste do Estado e 5% na região central.
 
Já o milho deverá atingir 1,5 bilhão de toneladas neste mesmo período, sendo que 60% deste total deverá ser consumido por países em desenvolvimento. Na avaliação da Bain, os países latino-americanos analisados terão de aumentar em 406 milhões de toneladas a oferta das cinco principais culturas (trigo, milho, soja, arroz e açúcar) a fim de suprir as necessidades de consumo.
 
Hoje, a região é responsável pela produção de 371 milhões de toneladas, o que corresponde a 13% do total mundial, a estimativa da consultoria é que esta participação salte para até 19% em um prazo de 35 anos. “A logística ainda é um desafio para o Brasil. Conseguir atingir de forma eficiente os mercados externos deve ser prioridade", diz Fernando Martins, sócio da Bain & Company.
 
Fonte: