Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

15/08/2014

Cargill investirá R$ 240 milhões para ampliar fábrica de biodiesel

O Imasul (Instituto de Meio Ambiente) realizou em Três Lagoas uma audiência pública para discutir possíveis impactos ambientais que podem ser causados pela ampliação da fábrica de biodiesel, Cargill, instalada no município em 2012. O investimento daquela época foi de R$ 130 milhões e durante a ampliação serão investidos R$ 240 milhões. A expectativa da empresa é contratar 500 pessoas para trabalharem na obra de ampliação e 25 quando ela for concluída.
 
Segundo Délia Villamayor Javorka, fiscal do Imasul, o EIA/Rima  (Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental) serão apresentados e discutidos durante a audiência, que fazem parte do processo de liberação das licenças ambientais.
 
Segundo o jornal Correio do Estado, a prefeitura do município disponibilizou dois ônibus que levarão a população interessada em participar do encontro. “Esta é uma etapa importante e a participação do cidadão é importante, para que eles tenham consciência sobre as mudanças pelas quais o município passa e ainda sobre os possíveis impactos que o meio ambiente pode sofrer”, destacou.
 
O relatório, que será apresentado pelo Imasul, mostra que a expansão se faz necessária porque a Cargill pretende operar a planta em plena carga, e para atingir essa meta é preciso aumentar o setor de processamento de grãos de soja. Atualmente, a carga utilizada para a produção de biodiesel atinge 80% da capacidade total e a meta é atingir os 100%.
 
 
Com a ampliação, a empresa implantará uma nova planta de glicerina, aumentará a capacidade de processamento de grãos e ainda vai implantar um sistema de carregamento no ramal ferroviário e aumentar o cais de barcaças. A glicerina também é utilizada para a produção do biodiesel.
 
Com capacidade para produzir 700 mil litros de biocombustível por dia, a unidade da Cargill de Três Lagoas foi a primeira fábrica a produzir o produto no Brasil, conforme informou sua assessoria de imprensa. A empresa é considerada a maior do ramo de agronegócios do mundo e a segunda maior exportadora do setor no Brasil. Sua planta foi construída em Três Lagoas ao lado de uma das fábricas de esmagamento de soja da companhia e todo o processo de biodiesel é produzido a partir de óleo de soja.
 
Fonte: