Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

02/10/2014

Pesquisadores alemães apresentam pesquisa feita em MT na Famato

Pesquisadores de diversas universidades da Alemanha estiveram na Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) apresentando os primeiros resultados do projeto Carbiocial, que levantou dados sobre solo, clima e produção nos arredores da BR-163, em Mato Grosso e Pará. O grupo também fez um dia de campo na fazenda Santa Lucia, em Campo Verde.

O projeto é uma parceria entre o Ministério de Educação e Ciência alemão (BMBF) e o Ministério de Ciência Tecnologia do Brasil. Em Mato Grosso, a cooperação é feita entre as universidades da Alemanha e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Famato.

Durante cerca de três anos, os pesquisadores se dividiram entre os municípios de Campo Verde, Santa Carmem e Novo Progresso, no Pará. Segundo o coordenador do projeto, Stefan Hohnwald, "o Carbiocial é direcionado a entender o impacto do uso do solo na quantidade de água, buscar o aperfeiçoamento de técnicas de produção que minimizem problemas como erosão e infertilidade do solo, entender a interação entre ambiente e uso do solo, dentre outros pontos, e ter condições de propor inovações econômicas e sociais, além de gerar ferramentas de apoio às decisões de planejamento".

Segundo o gestor do Núcleo Técnico da Famato, Carlos Augusto Zanata, a entidade contribuiu fornecendo informações para o levantamento de dados dos pesquisadores. "Quando entendermos os impactos causados pelas mudanças do uso do solo, ficará mais fácil para o produtor planejar suas atividades, melhorando eficiência, sustentabilidade e rentabilidade na propriedade. O projeto por si só tem esse objetivo de criar informações e conhecimento para encontrar alternativas viáveis para produção", disse Zanata.

Fonte: