Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

10/10/2014

Faturamento com exportações de carne bovina acumula alta de 10% no ano

A indústria de carne bovina brasileira vem mantendo o ritmo de crescimento ao longo de 2014 e já registra alta de 10,87% em faturamento com vendas externas e 7,09% em volume exportado entre janeiro e setembro, comparado com o mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, o país exportou 1,164 milhão de toneladas ante 1,08 milhão de toneladas em 2013. As vendas em 2014 alcançaram US$ 5,3 bilhões contra US$ 4,7 bilhões registrados no ano anterior.

Hong Kong e Rússia continuam sendo os principais importadores da carne bovina brasileira, com crescimentos constantes ao longo do ano. O volume exportado para Hong Kong ultrapassa 293 mil toneladas, um crescimento de 9,12%, e o faturamento com as vendas para este mercado atinge mais de US$ 1,2 bilhão, com aumento de 15,43%. Já as vendas para a Rússia acumulam altas de 5,13%, com o envio de mais de 253 mil toneladas, e faturamento de US$ 1,06 bilhão, crescimento de 12,32%.

A carne in natura foi a categoria de produtos brasileiros mais desejada pelos importadores em todo o mundo, atingindo um faturamento de US$ 4,307 bilhões nos nove meses de 2014, equivalente a um crescimento de 12,58% na comparação com o mesmo período do ano passado. O segmento de miúdos também apresenta variação positiva no ano, com um aumento de 11,21% em faturamento, registrando US$ 437 milhões em vendas.

Se considerado apenas o mês de setembro, o destaque nas exportações fica para a Rússia, com aumento tanto em relação ao mesmo mês de 2013, quanto a agosto de 2014. Os números positivos já podem ser reflexos da habilitação de novas plantas para exportação, anunciada em agosto último, confirmando expectativas de crescimento das vendas para o mercado russo. Em setembro de 2014, foram enviadas para a Rússia 35,1 mil toneladas com faturamento de US$ 153 milhões. Com relação ao mesmo período do ano passado, os valores apresentam um crescimento de 12,99% em volume e 25,33% faturamento. Já em relação ao mês anterior – agosto de 2014 – o crescimento foi de 3,88% em volume e 4,38% em faturamento.

Fonte: