Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

27/10/2014

Lavouras de soja de MT recebem visita do Circuito Tecnológico

Com oito equipes e um total de 36 técnicos, o Circuito Tecnológico – Etapa Soja percorreu nesta semana, de 20 a 24 de outubro, lavouras de soja das regiões Norte e Oeste de Mato Grosso.

Na fazenda do produtor Tiago Dalban, uma das 100 propriedades visitadas em Sinop, a área de plantio é a mesma do ano passado, mas o agricultor não esconde a preocupação com a instabilidade das chuvas. “Nessa época no ano passado, tínhamos finalizado já e nesse ano estamos com 50% plantado”, calcula.

São informações como esta que os técnicos precisam para que a associação monte o mapa da produção no estado. Na lavoura, o supervisor de projetos da Aprosoja, Eliandro Zaffari, colhe amostras de plantas e levanta dados, como o espaço entre as fileiras e a quantidade de planta que nasceu por metro. “Fazemos também a coleta de sementes para o produtor para fazer análise e ver qual a qualidade da semente que está recebendo para o plantio. E também de fertilizantes, adubos formulados, se a fórmula que ele comprou está chegando mesmo essa concentração que ele comprou no fertilizante”, explica.

O objetivo, segundo o supervisor, é chegar até o produtor associado e fazer um raio x da safra dele ano a ano.

Para o agricultor, a visita é importante, já que a agricultura é um negócio de risco, então é uma maneira de diminuir riscos, e isso na agricultura, pode significar lucro. “E é muito importante para ficarmos sabendo tudo que acontece no cenário agrícola, desde a questão de pragas e doenças novas que sempre estão entrando no mercado para ficarmos bem informados”, afirma.

Aproximadamente 500 questionários deverão ser respondidos neste ano.

O evento é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e prevê visitas a 500 propriedades rurais em duas semanas de expedição. As oito equipes técnicas (formadas por agrônomos, consultores, universitários e patrocinadores) devem recolher 700 amostras de sementes e 100 amostras de fertilizantes, além de aplicar questionário para entender os anseios do produtor nesta safra. Com base nestes dados, a Aprosoja-MT terá uma raio-x da safra de soja 2014/15 e poderá trabalhar ações para a melhoria do setor.

Além disso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), também realizador do evento, busca entender as necessidades do produtor rural em relação à qualificação e legislação rural.

Fonte: