Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

19/12/2014

Em 2024, Centro-Oeste será a segunda Região produtora de frangos do Brasil

Mesmo passados 10 anos, em 2024 os três estados do Sul, em conjunto, permanecerão como os principais produtores de carne de frango do Brasil. Mas a participação regional recuará em torno de 3%, caindo dos atuais 61% para 59%.
 
Bem maior, porém, deve ser o índice de queda da Região Sudeste: menos 14%. O que significa redução de participação dos atuais 21% para cerca de 18%.
 
Quem ganha em relação a essas duas perdas é a Região Centro-Oeste, cuja produção de carne de frango tende a passar de 14% para 19% do total nacional. Um aumento de mais de 35% que significa, também, tornar-se a segunda maior Região produtora do País.
 
As projeções para as Regiões Nordeste e Norte sugerem manutenção do status atual, com participação de, respectivamente, 3% e 1% do total produzido nacionalmente.
 
Notar, de toda forma, que em todas as Regiões haverá aumento de produção – ora previsto em pouco mais de 27%, o que significa passar de 12,3 milhões de toneladas (2013) para 15,7 milhões de toneladas (2024).
 
Com isso, o volume de carne de frango produzido na Região Sudeste aumentaria pouco mais de 9%, no Sul 23%, no Norte e Nordeste 28% e na Região Centro-Oeste 73%.
 
As previsões são do Departamento do Agronegócio da Federação da Indústria do Estado de São Paulo (FIESP) e estão disponíveis no Outlook FIESP 2024, estudo com projeções do agronegócio brasileiro.
Fonte: