Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

26/01/2015

RS: colheita de milho renderá seis toneladas por hectare


O milho é a cultura com maior área plantada em Venâncio Aires (RS), somando 14.450 hectares. Deste total, 7,3 mil hectares são plantados no "cedo", denominado de safra e 7.150 hectares são plantado no pós-tabaco, também denominado de safrinha. Desta área, apenas 55% são para grão comercial, pois o restante é utilizado como alimento animal, principalmente para a segurança familiar, e como trato aos animais de venda.

Com uma área de 360 hectares, um dos produtores que está colhendo o milho é Ivo Bencke. Dos 120 hectares que ele plantou no mês de agosto, até a última quinta-feira, colheu 85 hectares e o rendimento é de 10 mil quilos por hectare. Bencke afirma que a colheita, a qual iniciou no dia 6, está atrasada em função das constantes chuvas verificadas durante o mês de janeiro e que o milho já passou do ponto de colheita. Mesmo assim, ele está satisfeito.

Ainda na última semana, Bencke iniciou o plantio de soja safrinha no sistema de plantio direto, na resteva do milho. Como esta soja deverá estar colhida até o fim de maio, em junho, ele plantará trigo sobre a palhada da soja. Assim, ele fará três colheitas na mesma área neste ano.

Uma parte do milho, Bencke usa para consumo próprio e o restante ele vende. No momento, como o grão está com um preço bom, entre R$ 29 e R$ 30 a saca de 60 quilos, está vendendo o cereal que está colhendo. O que não vende, armazena no silo-secador próprio que possui na sua propriedade, localizada em Linha Isabel. Os 360 hectares estão localizados em diversas localidades.

Incremento da produção

Conforme o chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, Vicente Fin, o milho é uma cultura que teve significativo incremento técnico nos últimos anos, principalmente no tardio devido ao uso dos silo-secadores e secadores para secagem e armazenagem. Nesta área estão incluídos cerca de 3 mil hectares de milho destinado para silagem, sendo 1,5 mil hectares na safra e mais 1,5 mil hectares na safrinha. A produção deste grão, segundo Fin, tem significativo volume de alimento – em torno de 85,5 mil toneladas, destinado a bovinos de leite e de corte e de renda para 13 famílias que comercializam em nível de Estado, na forma ensacada com um bom valor agregado de venda.

Ainda é destacada a área de milho verde em espiga, que por meio dos ceaseiros é escoado ao mercado, o que soma 586 hectares, e o mini-milho para conserva, o que soma 25 hectares e ajudam na agregação de valor junto às agroindústrias familiares de conservas.

Também está lentamente sendo ampliado o uso de armazenamento na forma de grão úmido, principalmente para suínos e peixes, conferindo melhor conversão, com volume de grãos superior a 120 toneladas por ano.
Fonte: