Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

30/01/2015

Transgênicos evitaram desmatamento de 132 milhões de hectares


A adoção de biotecnologia colaborou diretamente para que a agricultura usasse menos terras para cultivar mais alimentos. É o que aponta relatório divulgado pelo Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA).

Os cultivos geneticamente modificados (GM) geraram 441,4 milhões de toneladas adicionais de alimentos e fibras em todo o mundo entre os anos de 1996 e 2013. Sem essa produção, seriam necessários 132 milhões de hectares a mais. Para se ter uma ideia, a área é igual à soma dos maiores produtores no Brasil: Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.

A otimização da área cultivada com transgênicos ocorre devido ao “manejo facilitado e às menores perdas em função de pragas (insetos e plantas daninhas). Além disso, os organismos geneticamente modificados (OGM) têm maior potencial produtivo, colaborando assim para reduzir a pressão da agricultura sobre áreas de proteção ambiental”, afirma o ISAAA.
Fonte: