Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

05/02/2015

Aprosoja completa dez anos representando o produtor rural de Mato Grosso


A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) completou, nesta quarta-feira (04), dez anos de atividades. A entidade representa, atualmente, cerca de cinco mil produtores de soja e milho do Estado. Tem como valores essenciais a ética, a transparência, o respeito à propriedade, a valorização do associativismo, o profissionalismo, a gestão democrático-participativa e a responsabilidade socioambiental. “Começamos de maneira singela, em um momento de crise no agronegócio e dificuldade financeira”, lembra Ricardo Tomczyk, presidente da Aprosoja.

No início de 2005, a Aprosoja foi constituída. "Em uma época de crise iminente, os produtores rurais não estavam encontrando quem falasse por nós e levasse as cobranças para as autoridades", conta Rogério Salles, primeiro presidente da Aprosoja. "Criamos uma entidade não só para enfrentar o problema pontual, mas com visão de encontrar alternativas para um negócio mais sustentável e menos dependente do "humor" do mercado", finaliza.

O caminho desde então foi de muito trabalho, desafios e conquistas importantes para o setor. “Nestes dez anos, conseguimos a valorização do produtor rural em Mato Grosso e no Brasil. Foram anos de construção de uma entidade forte e de peso nas discussões nacionais”, diz Tomczyk.

A associação foi fortalecida em 2006, quando houve uma grande crise, com quebra na safra devido ao clima e preços baixos para a soja. Os produtores mato-grossenses se uniram e foram para a rua, literalmente, chamar a atenção dos governos federal e estadual e da sociedade para a situação crítica. Foi quando se deu o Grito do Ipiranga, fazendo menção ao município onde tudo iniciou – Ipiranga do Norte.

As discussões sobre o sistema produtivo sustentável, o Código Florestal, a logística, as políticas agrícolas, são recorrentes na associação. As equipes técnicas e os associados, presentes em reuniões de comissões e em assembleias, delimitam temas essenciais para o futuro do agronegócio. Por este trabalho, atualmente a Aprosoja se firma como uma das maiores entidades de representação do Estado, uma das grandes representantes do agronegócio em nível nacional e com destaque internacional.

“A Aprosoja hoje em dia é capaz de fazer frente a todo empecilho e discutir temas estratégicos para o setor”, frisa o presidente da entidade. Para ele, a diretoria entrosada, os delegados fazendo seu papel com a base de associados no interior do Estado e uma equipe de colaboradores afinada fazem a diferença. “Estamos só começando. Muitos anos virão e outros tantos desafios serão postos e estamos prontos para mais conquistas”, finaliza Ricardo Tomczyk.
Fonte: