Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

11/02/2015

Suporte para classificação de grãos é ampliado em Mato Grosso

O projeto de classificação de grãos, que consiste na contratação de profissional especializado para avaliar a soja colhida durante a safra, está ganhando mais adeptos no Estado. Além de Campo Verde e Nova Mutum, o núcleo da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) de Canarana, na região leste, aderiu à prática e já colocou o classificador a disposição de seus produtores.

“Estamos fazendo pela primeira vez, depois de muita reclamação dos produtores sobre as empresas que compram a soja. Uma variação muito grande. Na realidade, acho que esse projeto deveria acontecer em todo o Estado, todos os núcleos deveriam ter um profissional de confiança para não haver mais problema”, comentou o delgado coordenador de Canarana, Oldair Sangaletti.

O serviço está disponível diariamente. Basta que o produtor da região procure a sede do Sindicato Rural de Canarana em horário comercial, com intervalo de almoço. O produtor pode levar a amostra dos grãos até o local ou solicitar a ida do classificador à fazenda. O atendimento começou no dia 2 de fevereiro e se estenderá até 30 de março.

Campo Verde já adota o trabalho de um classificador há dois anos em busca da equalização dos valores pagos pelos grãos. Nova Mutum repete na atual safra a experiência do ano passado, quando também teve problemas nas disparidades de valores ofertados pelas tradings e decidiu ter o profissional. Os núcleos contrataram empresas credenciadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que disponibilizam o classificador na sede dos sindicatos rurais das cidades.

 

Fonte: