Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

23/02/2015

Chuvas favorecem desenvolvimento da soja no Rio Grande do Sul

As chuvas ocorridas durante a semana passada no Rio Grande do Sul, embora esparsas e irregulares, ajudaram a manter a umidade do solo em níveis razoáveis, proporcionando condições satisfatórias para o desenvolvimento da safra de soja. Conforme informações divulgadas pela Emater/RS-Ascar, é elevado o percentual de lavouras na fase de enchimento de grão (56%), fase crítica da cultura quanto à necessidade de água e determinante para uma boa produtividade.

Nesse sentido, a previsão do tempo para os próximos dias é altamente positiva para a soja, com a perspectiva de chuvas abundantes em todas as regiões. No Noroeste Colonial, assim como nas Missões – regiões que tradicionalmente plantam mais cedo – algumas áreas começam a ser colhidas. Atualmente os sojicultores seguem com o monitoramento e controle de eventuais pragas e moléstias, que até agora têm se mostrado em níveis considerados normais e sem maiores consequências em termos de prejuízos.

Para a cultura do milho, o cenário não se modificou de forma significativa durante a última semana. A colheita segue em ritmo considerado normal e sem maiores percalços em relação às condições meteorológicas, atingindo, no momento, 39% do total a ser colhido. As precipitações ocorridas, mesmo que irregulares e de intensidade variada, vieram dar sustentação à umidade do solo, beneficiando principalmente aquelas lavouras ainda em fase de risco (floração e formação do grão).

Os rendimentos obtidos pelos produtores de milho até agora têm se mantido em patamares elevados e acima das estimativas iniciais, o que poderá impulsionar a média estadual, em que pese os rendimentos inferiores que poderão resultar de colheitas em áreas afetadas por eventos climáticos, ocorridos de forma pontual e localizada.

 

Fonte: