Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

27/02/2015

TO: laboratório de classificação de grãos entra em funcionamento em março


Os produtores de grãos da Região de Pedro Afonso serão beneficiados com a implantação do posto de classificação de grãos de produtos vegetais (soja, milho, arroz, sorgo). A implantação da central de classificação é fruto de um termo de cooperação técnica assinado entre a Secretaria do Desenvolvimento Agricultura e Pecuária (Seagro), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Cooapa). O posto deve entrar em funcionamento em março e deve atender 17 municípios circunvizinhos.    

Segundo o técnico de classificação de produtos vegetais da Seagro, João de Deus, a região de Pedro Afonso é grande produtora de grãos. “Portanto, o laboratório irá facilitar o acesso para os produtores, garantindo o padrão oficial de qualidade dos grãos. Isso significa mais abertura para a comercialização dos produtos”, ressaltou. 

O presidente da Coapa, Ricardo Khouri, afirma que a implantação do laboratório é mais uma conquista para os produtores da região. “A classificação oficial dá segurança ao produtor, garante o controle da qualidade e valoriza os grãos produzidos na região de Pedro Afonso. Além de agregar valor ao produto, também vai atender as exigências do mercado”, comentou Khouri.

De acordo com o superintendente da Cooapa, José Rander, os produtores de grãos poderão contar com mais este reforço para melhoria da qualidade dos produtos vegetais. “O posto será mais um instrumento para garantir, rapidez, qualidade e procedência, facilitando a comercialização. Antes teríamos que recorrer a Palmas ou Goiânia”, disse.

Valorização do produto

A classificação dos grãos é uma exigência da legislação brasileira que regulamenta a atividade por meio de instruções normativas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, para que a industrialização e comercialização de produtos vegetais  e seus derivados sejam realizados com qualidade e segurança alimentar dentro dos padrões oficiais. É uma atividade auxiliar ao processo de comercialização dos produtos de origem vegetal, seus subprodutos e resíduos de valor econômico, que tem por finalidade determinar a sua qualidade com base em padrões químicos e físicos.

No Tocantins existem laboratórios nos municípios de Palmas, Paraíso, Gurupi e, agora será implantado em Pedro Afonso.

 

Fonte: