Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

12/09/2013

Porto de Santos responde por 25,7% de todo o volume exportado por MS

​Das 9,427 milhões de toneladas de produtos que foram exportados por Mato Grosso do Sul entre janeiro e agosto deste ano, a maior parte, 25,76%, o equivalente a 2,428 milhões de toneladas foram escoadas pelo porto de Santos, em São Paulo, segundo dados do Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior (AliceWeb), da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
 
De acordo com o AliceWeb, depois de Santos, o terminal que recebeu o maior volume de carga de Mato Grosso do Sul para o despacho internacional foi o de Paranaguá, no Paraná. Pelo porto paraense foram escoadas nestes oito meses de 2013, 2,031 milhões de toneladas de produtos do Estado, o que representa 21,54% do total. Em terceiro na relação vem o porto de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, com embarques de 996 mil toneladas ou 10,56% do total.
 
Em receita, a movimentação de produtos sul-mato-grossense por esses três portos segue a mesma ordem. Em primeiro Santos, com US$ 1,440 bilhão, o equivalente a 38,78% dos US$ 3,713 bilhões exportados pelo Estado nestes 243 dias de 2013. Em segundo Paranaguá, com US$ 1,176 bilhão, ou 31,66%, e em terceiro São Francisco do Sul, com US$ 568,1 milhões ou 15,29%.
 
O sistema do MDIC revela ainda que a principal via de escoamento das exportações de Mato Grosso do Sul é a marítima. Em volume representou 58,18% do total, 5,485 milhões de toneladas, e em receita 87,55%, US$ 3,251 bilhões.
 
Parceiros comerciais
 
Os dados de janeiro a agosto do AliceWeb reiteraram a posição da China como a principal parceira comercial do Estado. A venda de produtos sul-mato-grossenses para os asiáticos resultou em uma receita neste período de US$ 1,317 bilhão (35,46% do total). Depois vem a Argentina, com US$ 343 milhões (9,23%); a Holanda, com US$ 234,3 milhões (6,55%); a Itália, com US$ 170,9 milhões (4,60%) e a Rússia, com US$ 162,9 milhões (4,38%).
 
Juntos, China, Argentina, Holanda, Itália e Rússia, foram responsáveis por 60% de toda a receita obtida por Mato Grosso do Sul com as exportações. O Estado, nestes oito meses, exportou seus produtos para 137 destinos.
 
 
Autor:
Anderson Viegas

Fonte: