Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

13/07/2015

De ultrassom à ordenha: produtores conhecem técnicas para melhorar produção de leite


Monitorar a gestação da vaca por intermédio do ultrassom, o mesmo aparelho utilizado em humanos, aplicar alternativas eficientes de manejo, pasto adequado com manutenção, ambiente ideal de ordenha e conforto animal. Estes métodos, que elevam o volume da produtividade do leite, foram demonstrados para mais de 150 produtores e técnicos da Região Norte de Mato Grosso do Sul, na última sexta-feira (10), no Dia de Campo do Programa Mais Leite, desenvolvido pelo SENAR/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS.

Do total de participantes das atividades práticas desta manhã, 110 pessoas recebem o atendimento do Mais Leite. O programa oferece ao produtor rural, assistência técnica especializada, com visitas mensais à propriedade. Os especialistas fazem uma análise do rebanho bovino leiteiro e avaliam a pastagem local, em seguida dão um diagnóstico, detalhando pontos positivos e negativos e apresentam ao produtor orientações específicas voltadas para a redução de custos e o aumento na produtividade.

O Dia de Campo do Programa Mais Leite fez parte da programação da 2ª Feira do Agronegócio de Coxim, que aconteceu até o domingo (12).

Antes de dar início às atividades, o superintendente do SENAR/MS, Rogério Beretta, fez um relato dos resultados obtidos por quem participa da iniciativa. “Com as informações em mãos e o acompanhamento de um profissional, o criador duplica e em alguns casos até triplica a produção diária de leite. Quando vê que é possível, ele amplia a meta e quer alcançar os 500 litros por dia. Êxito de quem toma as rédeas na propriedade”.

Para o presidente da Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Nilton Pickler, entidade parceira na realização do Dia de Campo, só é possível melhorar e aumentar a produção quando o trabalho é desenvolvido em conjunto com a assistência técnica. “O que vemos aqui é a preocupação que os sindicatos rurais do norte do Estado, aqui representado por Coxim, têm em trazer um dia de atividades práticas para ‘tecnificar’ produtores de leite desta região”, ressalta.

Quem participou do Dia de Campo recebeu informações referentes ao novo curso Técnico em Agronegócio oferecido pelo SENAR//MS em cinco cidades sul-mato-grossenses, com um polo ofertante de vagas em Coxim. As inscrições vão até o dia 24 de julho e abrem caminho para as 300 vagas oferecidas na capacitação de nível médio, totalmente gratuita, oferecida pela Rede e-Tec. Ministrado na metodologia EaD, a qualificação possui 1.230 horas/aula.

Também participaram do Dia de Campo o presidente do Sindicato de Pedro Gomes, Beto Scalabrini, o presidente do sindicato de Rio Verde de Mato Grosso, Niuto Pereira de Souza e a presidente da Coxim, Terezinha Souza Cândido.

 

Fonte: