Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

17/09/2013

Exportação da carne bovina mato-grossense aumenta 27,3%

​As exportações da carne bovina mato-grossense acumulam alta de 27,3% no ano. Um levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), divulgado no boletim da bovinocultura, ontem (16), aponta que de janeiro a agosto, 166,9 mil TECs (Tonelada Equivalente a Carcaça) foram enviadas ao exterior, ante 131,2 mil no mesmo período do ano passado.
 
Segundo o Imea, o resultado das exportações é o melhor “para o período de cinco anos. Um ponto interessante para se analisar é que as exportações mato-grossense de carne bovina resultam, historicamente, em maiores volumes embarcados ao exterior nos últimos quadrimestres dos anos, com exceção de 2008 e 2009. Para se ter uma ideia, a taxa média de aumento é de 15% nos terceiros quadrimestres quando comparados aos segundos quadrimestres dos anos. As intervenções do Banco Central no mercado cambial estão freando a alta da moeda norte-americana, porém, analistas desse mercado acreditam que a moeda ainda está em um patamar baixo e pode voltar a subir”.
 
Em relação aos preços, o instituto apontou que “ainda sofrendo pressão por parte dos compradores, o contrato futuro do boi gordo para o vencimento de setembro está cada vez mais valorizado, não possibilitando uma possível aferição de teto para os preços”. Na sexta-feira (13) o contrato foi cotado a R$ 106,50 a arroba, caminhando positivamente e conquistando 18 fechamentos positivos desde meados de 17 de agosto, contra apenas três negativos.
 
Conforme o Imea, a variação semanal ocorrida para a arroba futura do boi foi positiva, cerca de 0,18%, frente à cotação do dia 9 de setembro, (R$ 106,31). “A projeção positiva dos preços futuros pode ser embasada pela crescente valorização da arroba no mercado físico, que hoje está cotada a R$ 106,57, segundo o indicador Esalq/BM&F Bovespa. Portanto, os bons ares na bolsa continuam a soprar, possibilitando ganhos para quem travou a compra”.
 
 
Fonte: