Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

18/09/2013

Mato Grosso amplia participação nas exportações do país em agosto

​Marianna Peres

As exportações mato-grossenses de produtos do agronegócio não apenas sustentaram a receita estadual, como se observa todos os meses, como ampliaram sua importância no saldo nacional. Na comparação anual entre agosto deste ano contra agosto do ano passado, a participação do Estado passou de 11,9% para 13,6%. A pauta dos produtos gerou faturamento de US$ 1,38 bilhão no Estado, dos US$ 10,17 bilhões consolidados no Brasil no mês passado.

Do total exportado por Mato Grosso no mês passado, US$ 1,41 bilhão, US$ 1,38 bilhão veio da pauta dos produtos agropecuários, especialmente dos embarques de soja, milho e carnes. Esses itens representam 97,88% das cifras originadas à pauta local por meio do comércio internacional. As informações são da Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SRI/Mapa).

Com receita de US$ 1,38 bilhão, Mato Grosso segue ocupando o quarto lugar do ranking nacional de agosto, mas apresenta a segunda maior expansão anual entre os grandes exportadores, 32,4%, ao passar de US$ 1,04 bilhão em igual mês do ano passado para US$ 1,38 bilhão. A maior expansão ficou com o Rio Grande do Sul, cuja variação foi de 43%.

No acumulado do ano, de janeiro a agosto, a pauta agropecuária estadual cresceu 21,68% na comparação anual, de US$ 11,25 bilhões para US$ 9,24 bilhões. Nos últimos oito meses, as exportações mato-grossenses somaram US$ 11,47 bilhões. Nesse ranking do acumulado de 2013 o Estado é o segundo maior exportador nacional, atrás apenas de São Paulo, com US$ 14,12 bilhões em negócios.

Da pauta, o milho é o item de maior expansão, de um ano para o outro aumentou 145,22% ao atingir receita US$ 1,82 bilhão. A segunda melhor performance entre os principais itens do agronegócio estadual vem do complexo carnes (bovino, aves e suínos), cuja variação foi de 24,19% e receita de US$ 1,02 bilhão. Com performance inferior, mas mantendo a posição de carro-chefe do comércio internacional, está o complexo soja (grão, farelo e óleo), com crescimento anual de 11,21%, e faturamento acumulado de US$ 7,87 bilhões.

BRASIL - As exportações brasileiras do agronegócio, em agosto de 2013, revelam um crescimento de 15,4% em relação ao mesmo período de 2012.

Em agosto, o principal setor exportador foi o complexo soja, responsável por 35,6% das exportações do agronegócio ou US$ 3,95 bilhões. O segundo setor exportador foi o complexo sucroalcooleiro, com um crescimento de 12,7% em relação a agosto de 2012. As exportações de carnes aparecem logo em seguida com receita de US$ 1,43 bilhão e aumento de 8,5% nas vendas. Mais uma vez a China foi o destaque entre os países de destino, logo em seguida, aparecem os Estados Unidos, com US$ 763,62 milhões ou crescimento de 8,5%.

Fonte: