Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

23/07/2015

Após 5 anos, Soja Plus discutirá seus avanços e desafios em seminário nacional


O Seminário Nacional Soja Plus 2015 acontece no dia 31 de agosto no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande (MS). De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), que coordena o Soja Plus em nível nacional, será uma oportunidade para comunicar ao País os avanços do programa de gestão que capacita produtores de soja a atender às exigentes legislações trabalhistas e ambientais brasileiras e a aperfeiçoar práticas agrícolas.

Entre os avanços do Soja Plus, no último ano, constam a assinatura de um termo de cooperação com o Banco do Brasil e a divulgação do programa na Europa, durante road show, em março passado, sobre a sustentabilidade da soja brasileira. A Abiove, a Aprosoja MT e a Famato informaram aos europeus sobre o crescimento do programa e a sua aceitação pelos sojicultores, que em pesquisa recente atribuíram notas elevadas ao conteúdo sobre saúde e segurança no trabalho que recebem em cursos e dias de campo.

Sem custo para o proprietário rural, o Soja Plus aplica 180 indicadores socioambientais às fazendas inscritas no programa. Em 2014, três sojicultores de Mato Grosso foram premiados pelo bom desempenho no cumprimento desses indicadores. Neste ano, no 5º Seminário Nacional, quatro produtores de soja de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul serão contemplados com o prêmio Soja Plus.

Recentemente, o mais novo estado a aderir ao Soja Plus, a Bahia, realizou seu primeiro seminário regional. Os produtores do Oeste baiano estão recebendo, em julho, três equipes de supervisores integradas por técnicos da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e estudantes de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Trata-se de um trabalho inédito de parceria institucional e técnica com a finalidade de realizar assistência técnica e fazer diagnósticos em 45 fazendas, diz Ivanir Maia, diretor de relações institucionais da Aiba. Na Bahia, o Soja Plus já capacitou 110 produtores sobre temas como legislação trabalhista, saúde e segurança no trabalho e prevenção de riscos ambientais. Até o final do ano, todos esses produtores receberão visitas técnicas e as ferramentas necessárias à melhoria na gestão das fazendas. 

No 5º Seminário Nacional Soja Plus, a Abiove, a Aprosoja MT, a Famasul, a Faemg e a Aiba apresentarão todas as ferramentas utilizadas para a melhoria da gestão das propriedades. O evento também terá a participação da Famato, do Senar MT e Senar MS, do Banco do Brasil e da Universidade Federal de Viçosa.

Em Minas Gerais, no começo do mês, alunos da Universidade Federal de Viçosa dos campi Viçosa, Rio Paranaíba e Florestal iniciaram visitas técnicas em fazendas mineiras inscritas no programa Soja Plus. Em julho, serão atendidos 20 produtores mineiros. Em janeiro, dez propriedades foram visitadas. Os técnicos da UFV residem nas fazendas por 15 dias e aplicam o check list sobre indicadores econômicos, sociais e ambientais, entregam materiais, kits de primeiros socorros e placas de orientação a serem afixadas nas propriedades.

Em Mato Grosso, só neste ano, já foram qualificados 100 produtores nos temas qualidade de vida e segurança no trabalho. Desde 2011, foram capacitados 4.630 produtores em cursos e dias de campo, no estado.

Em Mato Grosso do Sul, foram realizados, em 2015, seis cursos sobre saúde e segurança no trabalho e sobre legislação trabalhista (NR 31) com a participação de aproximadamente 120 produtores e gerentes de fazendas. Trinta e duas propriedades rurais inscritas no programa, no estado, se beneficiaram de assistência técnica. De acordo com informações da Famasul, a entidade irá criar com o Senar MS um curso sobre os principais pontos do Código Florestal, entre eles o Cadastro Ambiental Rural (CAR).

 

Fonte: