Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

18/09/2013

Cai o número de infrações por descumprimento ao vazio sanitário

​Igor Castanho

Neste ano, os produtores paranaenses respeitaram mais a legislação brasileira para dar início à safra de soja. O período do vazio sanitário — que restringe o plantio de soja por 90 dias no Paraná — terminou com queda no número de autuações neste ano, conforme balanço divulgado pela Agência de Defesa Agropecuária do estado (Adapar). O órgão informou nesta terça-feira (17) que foram registradas 78 ocorrências entre os dias 15 de junho e 15 de setembro, contra 130 irregularidades em 2012. A prática é adotada desde 2008 e visa evitar a propagação do fungo causador da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi).

As 78 ocorrências correspondem a uma área aproximada de 1,3 mil hectares, calcula Maria Celeste Marcondes, da gerência de Sanidade Vegetal da Adapar. “O produtor tem cumprido as normas. Há muitos casos em que ele fez o plantio da soja safrinha e simplesmente não planejou a colheita para antes do dia 15 [de julho, quando o vazio começa]”, explica. Os casos irregulares estão sendo analisados pela Adapar, que vai definir as punições. As multas variam entre R$ 220 a R$ 12 mil.

O período de vazio sanitário é adotado em outros 11 estados (Tocantins, Maranhão, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina). Com o fim do prazo os produtores começam a por em prática o plantio da safra 2013/14, dependendo apenas do cronograma estabelecido pelo zoneamento agroclimático.

Plantio
A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab) informou nesta terça que o plantio da soja ainda não começou no estado. Já os trabalhos nos campos de milho de verão seguem adiantados. Até o momento, 17% da área a ser ocupada pelo cereal foi plantada, contra 10% registrados nesta mesma época do ano passado. O início da semeadura da soja deve ser confirmada no próximo levantamento de plantio e colheita do órgão, que será divulgado na semana que vem.

Fonte: