Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

29/07/2015

Governador destaca importância do Paraná em produção de proteína animal


O governador Beto Richa participou nesta terça-feira (28) da abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura e destacou a importância do setor para a economia nacional e, principalmente, para o Paraná. “O Paraná é o maior produtor e exportador de frango e o terceiro maior produtor de suínos do País. É um setor em franca expansão no Estado, que gera riquezas oportunidades de emprego”, afirmou Richa no evento, que é o maior do País no setor e acontece em São Paulo. Richa visitou os estandes de produtores e empresas paranaenses e recebeu cumprimentos dos expositores.

Realizado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o Salão reúne produtores, técnicos, especialistas e representantes de toda a cadeia produtiva do Brasil e de outros países. “Viemos aqui para conhecer as novas propostas, insumos e novas tecnologias e afirmar que estamos à disposição para renovar o compromisso com os setores, tão importantes para economia”, disse o governador.

A cadeia paranaense da avicultura abate cerca de cinco milhões de aves/dia, representando 35% de tudo que é produzido no País. O Valor Bruto da Produção (VBP) da avicultura, de R$ 12 bilhões, representa 16% da VBP da agropecuária paranaense. O setor gera 60 mil empregos diretos e 600 mil indiretos no Estado.

Na suinocultura, o Paraná é o terceiro maior produtor brasileiro nacional com exportação de 40 mil toneladas de carne em 2014, o que representa 9% da exportação nacional.

Fortalecer

O governador citou as principais medidas adotadas pelo governo estadual para fortalecer o agronegócio paranaense. “Asseguramos o apoio contínuo ao setor. O Estado está sintonizado com os interesses dos produtores paranaenses”, disse ele.

Richa destacou a criação da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), que faz fiscalização e certificação de produtos, para ampliar o mercado e elevar a competitividade da produção paranaense. “A criação da Adapar contribui para aprimorar o controle e prevenção da sanidade agropecuária”, afirmou.

Outros programas estaduais de apoio aos produtores, mencionados por Richa, são os de distribuição do calcário (para aumentar a produtividade das pequenas propriedades), e as medidas para melhorar as condições das estradas rurais, como o repasse de óleo diesel e as Patrulhas do Campo (conjunto de equipamentos rodoviários para readequação das estradas), além dos programas de pavimentação de estradas com pedras irregulares e pedras sextavadas.

Agronegócio responde por 35% da economia estadual

O governador Beto Richa também destacou o papel do na economia paranaense. O setor responde por 35% da economia do Estado e 18% da produção nacional de grãos, estimada em 37 milhões de toneladas. Richa também falou sobre o momento da economia estadual.

Com um PIB de R$ 309 bilhões, o Paraná é hoje a quinta maior economia do País. No primeiro semestre foi o segundo estado na criação de empregos com carteira assinada. Segundo o Ministério do Trabalho, o Paraná criou 13.998 vagas neste período. O salário médio pago no Paraná é o maior da região Sul e o quarto melhor do País, segundo pesquisa do IBGE. O salário médio aqui é de R$ 2.026, 10% acima da média nacional, de R$ 1.839.

Pesquisa do IBGE divulgada em junho mostrou que o Paraná, tem atualmente a terceira maior indústria de transformação do País em valor agregado. Richa atribui esse resultado ao programa Paraná Competitivo, do governo estadual, que em quatro anos atraiu mais de R$ 35 bilhões em investimentos ao estado.

Salão internacional - A abertura do congresso internacional também teve a presença de lideranças políticas e palestra do ex-ministro Delfim Netto. Participaram representantes da agroindústria, produtores de aves e de carne suína, empresas da área de transporte e logística, fornecedores de insumos, laboratórios, empresas de máquinas e equipamentos. O Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura é realizado entre 28 e 30 de julho de 2015, no Anhembi Parque, em São Paulo.

 

Fonte: