Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

07/08/2015

Senar Tec Leite é lançado em Pontes e Lacerda


A assistência técnica com foco na geração de lucratividade à produção de leite no Estado é o caminho para o sucesso da pecuária leiteira. Pelo menos é nisso que aposta o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), responsável por iniciar, a partir do próximo dia 24, o Senar Tec Leite junto a 120 propriedades de gado de leite de Pontes e Lacerda, oeste de Mato Grosso. O programa, lançado na última quarta-feira (5/8) pelo presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado, na cidade, garantirá auxílio técnico e gerencial por dois anos para que atividade desponte na região.

Desenvolvido por meio de diversas parcerias, o Senar Tec, programa de assistência técnica criado pelo SENAR Nacional, vem atender à necessidade de expansão de uma das mais promissoras cadeias produtivas de Mato Grosso. O Estado é o oitavo em produção de leite no país, com a marca de 265 milhões de litros/ano. Quarenta e três por cento desta produção estão concentrados em Pontes e Lacerda, mas com praticamente nenhum auxílio profissional na produção, pois apenas 2,9% dos produtores de leite de Mato Grosso têm algum tipo de assistência técnica.

O presidente do Sindicato Rural do município, Nilmar Miotto, além de comemorar a conquista de ser o primeiro a receber a iniciativa, destacou o quanto que os produtores podem se beneficiar do Senar Tec Leite. "Pontes e Lacerda é a cidade que mais produz leite no Estado e isso já é uma conquista dos produtores. Espero que vocês realmente participem desse projeto fantástico. Vocês serão administradores do leite, não mais tiradores de leite, vão saber onde querem e como chegar", disse aos pecuaristas presentes no lançamento do programa reforçando a importância de cada produtor atendido pelo programa ser multiplicador da ideia. "Que sejam bem-sucedidos e ensinem aos seus vizinhos a serem bem-sucedidos também".

O presidente da Associação de Produtores de Leite de Mato Grosso (Aproleite), Alessandro Casado, falou do potencial para a ampliação da atividade a partir de sua profissionalização. "Produtores de leite do Estado já fazem acontecer na raça. Se adotarem pequenas técnicas de manejo por meio da assistência técnica, vão atingir resultados extremamente melhores. É necessário profissionalizar a produção e a saída é essa. Aproveitem para ter mais lucratividade em sua propriedade", recomendou.

A implantação de projetos de forma bem-sucedida pelo SENAR-MT recebeu o destaque do  coordenador de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR, Mateus Ferreira, que veio ao Estado exclusivamente para acompanhar o evento. Segundo ele, tudo que Mato Grosso se propõe a implantar é certeza de que vai dar certo.

"Não tenho dúvida alguma de que esse programa será um sucesso. Percebo que as carências são muitas, mas Mato Grosso tem grande potencial para produzir leite em escala. O desafio da assistência técnica é colocar a tecnologia em prática e atingir produtividade e, por meio do programa, o produtor vai aprender a gerenciar o seu negócio".

Prado deu ênfase à importância de o produtor não apenas ampliar sua quantidade de produção, mas o quanto isso será rentável a ele. “Precisamos aumentar produção e rentabilidade, mas sabendo o quanto disso está sobrando para o nosso bolso. E é para isso que estamos aqui. Nós da iniciativa privada, nós produtores, estamos colocando dinheiro nosso para garantir a assistência que merecemos e obter lucratividade. A partir do momento que queremos aprender algo a mais para melhorar nossa atividade, com certeza colheremos frutos lá na frente e é o que vamos conseguir com essa assistência técnica”.

Para o encerramento do lançamento do programa, o produtor de leite e palestrante Nivaldo Michetti contou sua experiência com a adoção de medidas técnicas para tocar o negócio e reforçou a importância da assistência para o setor. "Estamos na era da especialização, precisamos reconhecer que o campo exige isso".

O Senar Tec Leite é um programa realizado pelo SENAR-MT em parceria com diversas entidades, como o Sindicato Rural, a Embrapa, a prefeitura de Pontes e Lacerda, a Aproleite, a Universidade Estadual de Mato Grosso, entre outros.
Fonte: