Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

21/08/2015

Assistência Técnica do SENAR terá R$ 19 milhões para atender produtores de leite de 5 estados


Essa quarta-feira, 19/08, foi um marco para a Assistência Técnica e Gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). A assinatura de convênio entre o presidente do Conselho Deliberativo da entidade, João Martins, e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, vai permitir que 3.680 produtores de leite do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e Goiás tenham acesso à metodologia de assistência técnica do SENAR para melhorar a gestão de suas propriedades.

Segundo João Martins, com a difusão de tecnologias de produção com foco em gerenciamento, será possível alavancar a produtividade de produtores da classe D e E para que eles alcancem o patamar da classe C. “O Ministério da Agricultura está trabalhando fortemente para que o Brasil seja um grande exportador de produtos lácteos. Com esse convênio, vamos trabalhar não só para aumentar a quantidade, como também a qualidade de leite. Nós entendemos que isso é possível por meio de assistência técnica, tendo em vista, que na maioria dos casos, a pecuária de leite é desenvolvida por pequenos produtores”, explicou o presidente.

João Martins citou como exemplo o caso da Bahia, onde após o acesso à assistência técnica e gerencial do SENAR, pequenas propriedades que produziam leite em quantidade insuficiente para a sua rentabilidade, se transformaram em empresas rurais rentáveis e competitivas no mercado.

Esta é a primeira iniciativa do SENAR com o Ministério da Agricultura como agente de execução da Assistência Técnica e Gerencial. “Vínhamos construindo os instrumentos da metodologia que agora vai se concretizar. Por enquanto, a meta inicial ainda é pequena, por trás disso há todo um processo de desenvolvimento de aprendizado até a forma de interação com o nosso técnico de campo. É o primeiro passo para uma grande parceria que, certamente, dará bons frutos”, avalia o secretário executivo do SENAR, Daniel Kluppel Carrara.

Na primeira etapa do convênio, serão disponibilizados R$ 11 milhões e na segunda etapa estão previstos mais R$ 8 milhões. Tudo isso, vai possibilitar que os técnicos de campo do SENAR trabalhem com pequenos e médios produtores rurais, desde a avaliação econômica das propriedades até a implementação de tecnologias de produção, de acordo com o modelo e o tamanho do negócio.

Para o coordenador nacional de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR, Matheus Ferreira Pinto da Silva, o convênio firmado vai permitir que a rede de assistência técnica do SENAR seja ampliada, atendendo a expectativa da instituição de alcançar todo o País. “Hoje, foram mais cinco estados contemplados com a metodologia de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR. A parceria com o Ministério da Agricultura vai permitir atender produtores de leite nas suas principais carências técnicas, que muitas vezes limitam o seu crescimento, principalmente sob o ponto de vista gerencial, pensando, sobretudo, na qualidade do leite produzido”, finaliza.

Para saber mais sobre a metodologia de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR acesse: http://www.senar.org.br/assistencia-tecnica-e-gerencial-senar

 

Fonte: