Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

09/10/2015

Região Sul ultrapassa a Sudeste e se torna a principal produtora de leite


Em 2014, a produção de leite foi de 35,2 bilhões de litros, um aumento de 2,7% sobre o ano anterior. Com isso, o Brasil ocupou a quinta posição no ranking mundial de produção de leite, atrás de União Europeia, Índia, Estados Unidos e China.

A região Sul passou a ocupar, em 2014, a primeira posição no ranking das grandes regiões, com 34,7% da produção nacional. Apesar disso, Minas Gerais seguiu como o principal estado produtor, com 9,3 bilhões de litros, o que corresponde a 77,0% de toda a produção da região Sudeste e 26,6% do total nacional. Na segunda colocação aparece o Rio Grande do Sul (13,3% do total nacional e 4,7 bilhões de litros), seguido pelo Paraná (12,9% e 4,5 bilhões de litros). Já o Centro-Oeste participou com 14,5%, sendo Goiás o quarto maior produtor nacional. Em termos municipais, a primeira posição continuou com Castro (PR), com 239,0 milhões de litros.

O preço médio nacional do litro do leite foi de R$ 0,96, gerando um valor de produção de R$ 33,78 bilhões em 2014. O maior preço médio foi encontrado no Nordeste, R$ 1,11 por litro, e o menor no Norte, R$ 0,82 por litro.

A diferença entre o total de leite produzido no Brasil apurado pela PPM (35,3 bilhões de litros) e a quantidade de leite cru adquirida pelos laticínios sob inspeção sanitária, levantado pela Pesquisa Trimestral do Leite (24,7 bilhões de litros de leite) reflete a produção de leite que não passa por fiscalização sanitária. Contrastando as séries históricas dessas duas variáveis dos últimos 10 anos, observa-se que, em linhas gerais, uma tem acompanhado a outra. A menor diferença observada no período foi de 29,6%, em 2014, e a maior de 34,4%, em 2006.

A produtividade média de leite por vaca foi de 1.525 litros por ano, em 2014, crescimento de 2,2% em relação a 2013 (1.492 litros).

 

Fonte: