Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

03/11/2015

Com 38 milhões de toneladas, Paraná colhe maior safra de grãos da história


A safra paranaense 2014/15 será a maior da história, totalizando 38,24 milhões de toneladas. O volume poderia ser ainda maior, caso as lavouras de trigo não fossem afetadas pelas chuvas na fase final de colheita. Os números foram divulgados na última sexta-feira (30.10) pelo Departamento de Economia Rural (Deral). A safra de soja puxou o volume recorde com 16,94 milhões de toneladas. Na primeira safra de milho, mais 4,65 mi de t foram colhidas. Já a produção de feijão chegou a 324 mil toneladas (5.400.000 sacas), conforme o Deral.

Além da safra recorde, o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, ainda destacou a boa qualidade dos grãos no ciclo 14/15. “Esse desempenho se repetiu com a produção de cereais de inverno, quando o trigo é o nosso principal produto”, ressalta.

Conforme relatório do Deral relativo ao mês de outubro, o plantio da soja da safra 2015/2016 está acelerado e ocorre em clima normal, assim como os demais grãos plantados neste período, como milho de primeira safra e feijão das águas. Além disso, as chuvas têm contribuindo para o desenvolvimento vegetativo das novas culturas, frisou Ortigara.

“Observamos, ainda, que o plantio da nova safra 2015/2016, ocorre dentro da normalidade. Se as chuvas prejudicaram o trigo, estão contribuindo com o desenvolvimento vegetativo dos grãos de verão”, pontua.

Para o cultivo da oleaginosa, foram reservados 5,24 milhões de hectares. O plantio está acelerado, com dois terços da área prevista já cultivados. A soja é a maior área plantada com o grão no Paraná. Segundo o Deral, nesse período do ano, na média nas últimas três safras, haviam sido plantados 54% da área prevista, enquanto que neste ano, 66% já estão plantados.

A expectativa de produção é boa e aponta para um volume de 18 milhões de toneladas, também o maior do Estado. A estimativa segue as tendências para a produção de soja no País, que indicam para uma produção de 101 milhões de toneladas.

Milho

O plantio de milho da primeira safra também está chegando ao fim e deve ser encerrado na primeira semana de novembro. Segundo o Deral, está sendo plantada a menor área de milho nessa época do ano, com 437 mil hectares. Anos atrás, o Paraná já chegou a plantar 2,6 milhões de hectares com milho de primeira safra, por exemplo. A produção deve chegar a 3,8 milhões de toneladas.

Feijão

O plantio da primeira safra de feijão também segue em ritmo normal, com 84% da área prevista (de 183.583 hectares) ocupados. Apesar da redução de área de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, a estimativa de produção cresce outros 5%, devendo passar de 324.545 toneladas colhidas na safra passada para 339.489 toneladas na safra 15/16.

Trigo

O Departamento de Economia Rural adverte ainda que a produção de trigo deve sofrer uma quebra de 12% em 2015. Os prejuízos são decorrentes das chuvas que prejudicam a qualidade do grão e afetaram o florescimento do cereal. A previsão inicial de colheita era de 4 milhões de toneladas. Porém, com a quebra, a safra foi reavaliada para 3,5 milhões de toneladas no Paraná.

 

Fonte: