Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

24/11/2015

Exportação de carne bovina aponta incremento de 9,2%


Nos primeiros nove meses de 2015 o Custo Operacional Total (COT) da pecuária de corte teve aumento de 7,43%, na média de preços do Brasil, acima da inflação acumulada do período, de 7%, segundo o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ao mesmo tempo, as exportações de carne bovina tiveram incremento de 9,2% e receita equivalente de R$ 10,6 bilhões.

De acordo com o Ativos da Pecuária de Corte, elaborado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), em conjunto com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), entre os insumos que mais tiveram aumento de preços, de janeiro a setembro deste ano, estão: adubos e corretivos (+14,67%); suplementação (+11,92%); combustíveis (6,2%); e antiparasitários (+5,1%).

O fato é que a elevação do dólar frente ao real permitiu aos principais tipos de carnes exportadas pelo país apresentar bom desempenho, com destaque para a carne bovina. O preço médio da carne bovina in natura subiu de R$ 11, 619 mil, a tonelada, para R$ 17,767 mil, uma valorização expressiva de 53% no decorrer dos primeiros nove meses de 2015, segundo o Cepea/CNA. Neste mesmo período, o preço da tonelada das carnes de frango e suína in natura valorizou 36%.

 

Fonte: