Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

01/12/2015

Câmara Federal analisa trajeto para hidrovias interligando Mato Grosso, Pará e Amazonas


As comissões de Minas e Energia; e de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara Federal analisam, em breve,  Projeto de Decreto Legislativo que autoriza o aproveitamento da água em trechos das hidrovias dos rios Tapajós, Teles Pires e Juruena, desde que precedido de estudos sobre impacto ambiental. Após essas fases a análise segue para o Plenário. A proposta já passou pela do Meio Ambiente.

A proposta abrange  a hidrovia do rio Tapajós, da foz no rio Amazonas, no Pará, até à confluência dos rios Juruena e Teles Pires, na divisa dos com Amazonas (AM) e Mato Grosso; a hidrovia do rio Teles Pires, entre a confluência com o rio Juruena, no Pará até à foz do rio Verde, no Mato Grosso; a hidrovia do Rio Juruena, localizada entre a confluência com o rio Teles Pires, no município de Juína.

A efetivação da hidrovia Teles Pires Tapajós está na pauta de cobrança da classe política de Mato Grosso há anos. Houve estudo de viabilidade da hidrovia, realizado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), constatando que os dois rios que dão nome à hidrovia e que cortam do Pará e Mato Grosso possuem boas condições de navegação. A capacidade de transporte é de sete milhões dos 45 milhões de toneladas de grãos de soja e milho produzidos por Mato Grosso atualmente.

Estima-se pouco mais de R$ 6 bilhões em investimentos para tornar 1,8 mil quilômetros navegáveis.

 

Fonte: