Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

10/12/2015

Presidente da CNA defende que produtor tenha participação direta na discussão de uma nova política agrícola


O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, defendeu a participação do setor rural nas discussões sobre política agrícola e disse que o tema deve ser uma pauta diária. “Uma política agrícola se constrói a partir da convivência com a realidade e não pode ficar exclusivamente à mercê do governo. Deve ter a participação do produtor para que tenhamos uma política adequada”, afirmou.
 
João Martins participou, nesta quarta-feira (9/12), da abertura da reunião da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, reativada este ano para discutir questões específicas ligadas a crédito, sustentação de preços e seguro rural, entre outros pontos. O colegiado, que reúne representantes das federações estaduais de agricultura e pecuária e entidades do setor produtivo, será presidido pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), José Mário Schreiner.
 
Segundo Schreiner, a ideia inicial é ouvir as demandas das federações para consolidar as propostas mais pertinentes e levá-las ao governo federal e estaduais para a consolidação de instrumentos que tornem a produção menos vulnerável aos riscos da atividade, como preço e clima. Na sua avaliação, as proposições serão encaminhadas já para o próximo Plano Agrícola e Pecuário (PAP) do próximo ano. Entre os pontos defendidos por ele, a ampliação dos recursos para a subvenção ao seguro rural e mais flexibilidade para o acesso ao crédito rural.
 
 
Fonte: