Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

11/12/2015

Assistência técnica e gerencial será prioridade para o SENAR em 2016


Com ações em curso ou em fase de implantação em 22 Estados, a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) deverá alcançar o número de 40 mil produtores atendidos e 1.650 técnicos capacitados no primeiro semestre de 2016. A metodologia continuará sendo um dos destaques entre as ações da entidade em 2016.
 
“O SENAR tem que estar em constante evolução e dinâmica. Não tenho dúvidas de que existem dois momentos dentro da instituição: antes e depois da assistência técnica. É um programa que veio para ficar. Só poderemos mudar a realidade da agropecuária brasileira levando tecnologia com assistência técnica”, ressaltou o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Conselho Deliberativo do SENAR, João Martins, na abertura do encontro dos superintendentes do SENAR realizado nesta terça e quarta-feira (9/12), em Brasília.
 
O tema foi amplamente debatido durante o evento, que teve a participação do secretário executivo do SENAR, Daniel Carrara, além de chefes e coordenadores de áreas. Os programas que envolvem a ATeG – como o Rural Sustentável e Do Rural à Mesa – também foram apresentados pelo coordenador de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR, Matheus Ferreira.
 
A novidade foi o lançamento do SENAR em Campo, uma coleção de vídeos de curta duração, com abordagem de temas técnicos em diferentes cadeias produtivas, para facilitar o dia a dia nas propriedades rurais. Inicialmente sete vídeos estão disponibilizados no site do SENAR: Cadastro Ambiental Rural; Gestão de Empresas Rurais; Controle de Berne, Carrapato e Mosca dos Chifres; Controle Natural de Pragas; Cura do Umbigo; Cuidados na Vacinação de bovinos; Cuidados na ordenha de vacas leiteiras.

Vem aí novo processo seletivo da Rede e-Tec

O chefe do Departamento de Inovação e Conhecimento, Luís Tadeu Santos, apresentou um balanço da Rede e-Tec Brasil no SENAR e anunciou para o final de janeiro um novo processo seletivo para o curso Técnico em Agronegócio. Instalada inicialmente com 17 polos presenciais, distribuídos por oito estados, a Rede e-Tec Brasil no SENAR dobrou seu alcance em apenas um ano. Conta, atualmente, com 43 polos distribuídos entre o Distrito Federal e os estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. Em 2016, novos Estados vão oferecer vagas para o curso Técnico em Agronegócio.
 
Mais saúde para o campo em 2016

A chefe do Departamento de Educação Profissional e Promoção Social, Andrea Alves, destacou a opção que o SENAR fez em 2015 de investir para levar mais saúde ao campo. “As atividades relacionadas à saúde devem ter enfoque educativo e preventivo, com foco em mudanças de comportamento individual e coletivo, e adequadas às condições ambientais e perspectiva de melhoria da qualidade de vida da população rural” explicou Andrea.
 
Uma das iniciativas para o desenvolvimento desta área, foram os projetos-piloto realizados em Santa Catarina e em Alagoas com o programa “Saúde do Homem”, que deverá ser nacionalizado em 2016. Segundo coordenadora da área programas e projetos na área de saúde rural do DEPPS, Deimiluce Fontes Coaracy, as campanhas sobre prevenção, tratamento e cura do câncer pênis e de próstata, além da coleta de exames de sangue (PSA) exame físico (toque retal), serão realizadas conforme as demandas das Regionais do SENAR e da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), parceira no programa. “As mulheres costumam ter hábitos preventivos em relação às doenças. Os homens, por diversos fatores sociais, têm mais resistência em procurar atendimento médico e, muitas vezes, só fazem isso quando a doença já está instalada. Esperamos que ele entenda que é possível ter atitudes corretas para a promoção da saúde” explicou.
 
O encontro contou, ainda, com apresentações do chefe da TI, Ricardo Luiz Barbato; do secretário executivo do Instituto CNA, André Vicente de Sanches; da chefe da Assessoria Jurídica, Eliziane Souza Carvalho; e do chefe da Auditoria, João Batista da Silva.
 
 
 
Fonte: