Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

22/12/2015

Assistência Técnica e Gerencial do SENAR se consolida em 2015


O ano de 2015 marcou a consolidação da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). O modelo que alia adequação tecnológica e consultoria gerencial das propriedades rurais ganhou a adesão de um número maior de Estados e atraiu importantes parcerias para o SENAR Brasil.

Com ações em curso ou em fase de implantação em 22 Estados, a ATeG deverá alcançar o número de 40 mil produtores atendidos e 1.650 técnicos capacitados no primeiro semestre de 2016. Hoje, já são desenvolvidas ações em 32.605 propriedades rurais, oferecendo consultoria técnica e gerencial, de forma efetiva e constante.

O SENAR Brasil desenvolveu ferramentas que auxiliam agricultores e pecuaristas a se tornarem empreendedores, para que gerenciem suas propriedades como uma empresa sustentável e lucrativa. Capacitou 291 instrutores de 26 Estados, que  multiplicam a metodologia de ATeG,  em todo o Brasil. A partir desse grupo também foi formada uma equipe de instrutores, responsável por treinamentos de coordenadores, supervisores e técnicos de campo das Administrações Regionais do SENAR.

Ao longo do ano, a entidade também lançou outras iniciativas que envolvem a ATeG. A mais recente é o programa SENAR em Campo, uma coleção de vídeos de curta duração, com abordagem de temas técnicos em diferentes cadeias produtivas, para facilitar o dia a dia nas propriedades rurais. Inicialmente sete vídeos estão disponibilizados no site da entidade: Cadastro Ambiental Rural; Gestão de Empresas Rurais; Controle de Berne, Carrapato e Mosca dos Chifres; Controle Natural de Pragas; Cura do Umbigo; Cuidados na Vacinação de bovinos; Cuidados na ordenha de vacas leiteiras.

O secretário executivo do SENAR, Daniel Carrara, destaca que a entidade optou por um modelo inovador de assistência técnica, com foco em gestão, para realmente auxiliar pequenos e médios produtores com ferramentas que vão além do atendimento que era feito antigamente nas propriedades. “A nossa Assistência Técnica e Gerencial trabalha com softwares de última geração e com o Caderno do Produtor, que auxiliam na gestão, cartilhas específicas para as diversas cadeias produtivas e, agora, vídeos que, numa linguagem direta e  simples,  disseminam técnicas que podem impulsionar ainda mais o desenvolvimento e a competitividade das propriedades”.

O SENAR também firmou protocolo de intenções  com a Caixa Econômica Federal (CEF) para impulsionar a concessão de crédito rural orientado aos produtores que recebem assistência técnica. E em outro programa lançado em 2015, o Do Rural à Mesa, a metodologia atende e capacita produtores rurais para o fornecimento de produtos certificados aos restaurantes do Senac, em Brasília.

Em 2016, o SENAR irá participar das chamadas públicas de Assistência Técnica do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa). Nas primeiras concorrências vencidas, vai atender com a ATeG 3.680 propriedades de bovinocultura de leite, em seis Estados. E o SENAR poderá ser um dos parceiros do Governo do Reino Unido e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) na execução do projeto Rural Sustentável. A iniciativa, que também tem o Ministério da Agricultura na parceria, prevê recursos não reembolsáveis da ordem de US$ 40 milhões para a difusão de tecnologias de baixa emissão de carbono em dois biomas brasileiros: Mata Atlântica e Amazônia.

Mais motivos para comemorar

O avanço do curso Técnico em Agronegócio, a formação de lideranças dentro do Programa CNA Jovem e o lançamento do Programa Nacional de Proteção de Nascentes são alguns dos outros destaques do SENAR neste ano.

O curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR está com a segunda turma em andamento e presente em 17 Estados e no Distrito Federal. O curso é oferecido à distância no portal especialmente criado para ampliar a oferta e o acesso à educação profissional dos brasileiros que querem investir em uma carreira na agropecuária e em 43 polos de apoio presencial. Um novo processo seletivo será lançado em janeiro e terá a adesão de outros Estados.

Com a intenção de impulsionar a liderança jovem na agropecuária brasileira, o SENAR formou em 2015 a primeira turma do CNA Jovem. Durante cinco meses, jovens, de 24 Estados participaram do programa que tem uma metodologia inovadora e estimula a identificação de desafios práticos voltados para a agropecuária e a proposição de planos de ação de grande relevância para o setor. A segunda edição do CNA Jovem está prevista para julho do ano que vem.

E o SENAR chega ao final de 2015 comemorando o sucesso do Programa Nacional de Proteção de Nascentes. Para garantir o abastecimento de água no campo e na cidade, o SENAR, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), desenvolveu o Programa Nacional de Proteção de Nascentes com o mote: Um dia você vai ter que proteger uma nascente. Faça isso em um dia! O lançamento ocorreu no Dia Mundial da Água, em 22 de março. Para envolver os brasileiros, foi criado um site especial, dois vídeos com os cinco passos de proteção de uma nascente e formatado um curso no portal de educação a distância.  Além disso, o SENAR criou um concurso voltado para as regionais e sindicatos rurais de todo o País. A meta inicial era fechar o ano com a proteção de mil nascentes, mas foi ultrapassada: 1.782 nascentes foram protegidas em vários Estados. O programa vai continuar em 2016 com ações em todo o País.

 

Fonte: