Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

21/01/2016

De olho em novos negócios com a Rússia, ABPA promove ação em feira de Moscou


A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), participará, entre os dias 8 e 12 de fevereiro, da 23ª Exibição Internacional de Alimentos, Bebidas e Insumo - Prodexpo, em Moscou (Rússia).

 

 

Em um espaço exclusivo com 150 metros quadrados, a ABPA realizará uma série de iniciativas para estimular os negócios das empresas participantes da ação no mercado russo.

 

Uma delas é a degustação de produtos da avicultura e da suinocultura do Brasil, que serão servidos aos visitantes do espaço, promovendo as marcas internacionais Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork no evento.

 

Ao mesmo tempo, a equipe da ABPA distribuirá materiais promocionais confeccionados em russo, com informações sobre a qualidade, o status sanitário e outros diferenciais da cadeia produtiva do Brasil, além de dados e contatos das empresas exportadoras.

 

“A Prodexpo é uma das mais relevantes feiras do Leste Europeu, com cerca de 2 mil expositores de todo o mundo.  É uma excelente oportunidade para expandirmos nossos negócios não apenas com o mercado russo, mas com a Europa e Ásia”, disse o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra.

 

A Rússia é, hoje, a maior importadora de carne suína do Brasil, com mais de 44,6% do total exportado pelo país em 2015.  Ao todo, foram embarcados para lá 243,6 mil toneladas nos doze meses do ano, volume 30,6% superior ao registrado no ano anterior. O mercado russo também se destaca como um dos principais destinos de carne de frango brasileira, com mais de 90 mil toneladas exportadas no ano passado, 27% a menos que em 2014.

 

“Além de incrementar as vendas dos exportadores de carne suína, queremos fortalecer as exportações de carne de frango para o Leste Europeu, que se consolidou como um grande parceiro comercial do setor de proteína animal do Brasil”, destaca Turra.

 

Fonte: