Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

22/02/2016

Governo Federal destinará R$ 500 mil para estudos de potencialidades regionais de Mato Grosso

 

A construção do 'Plano Estadual de Desenvolvimento Regional' de Mato Grosso terá o apoio da Integração Nacional com mais de R$ 500 mil. O Governo de Mato Grosso, com auxílio da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), dará início em 2016 ao diagnóstico das potencialidades e necessidades socioeconômicas das quatro regiões do Estado. O apoio da Integração Nacional foi anunciado na última sexta-feira, 19 de fevereiro, durante a 1ª Reunião do Comitê Estadual para o Desenvolvimento e Integração das Políticas Públicas.

A reunião, no Pálacio Paiaguás, contou com a presença dos secretários nacionais de Desenvolvimento Regional, Alexandre Chumbinho, e de Irrigação, José Dória.

Os resultados do diagnóstico de potencialidades e necessidades socioeconômicas, conforme o Governo de Mato Grosso, irão embasar a criação do 'Plano Estadual de Desenvolvimento Regional', a ser criado pelo governador Pedro Taques com o intuito de adotar políticas públicas que atendam as potencialidades de cada região.

Durante a reunião o o secretário de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional, Alexandre Chumbinho, anunciou a destinação de mais de R$ 500 mil para dar início aos estudos de identificação das potencialidades regionais.

A comitiva do Ministério da Integração Nacional esteve em Mato Grosso na última semana. Durante quatro dias o secretário Alexandre Chumbinho realizou visitas a universidades, cooperativas e empresas. A comitiva participou ainda de reuniões com autoridades dos municípios de Cuiabá, Cáceres, Araputanga, Pontes e Lacerda e regiões de fronteira. 

“A construção de um Plano de Desenvolvimento Regional foi acordada junto à bancada de parlamentares, governo estadual, setor produtivo, empresarial e acadêmico. O objetivo é que todos os setores estejam envolvidos na consolidação deste material, que pautará o crescimento socioeconômico da região nos próximos anos”, destacou o secretário Alexandre Chumbinho.

O repasse de mais de R$ 500 mil para Mato Grosso do Ministério da Integração Nacional visa o fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs), segundo Alexandre Chumbinho, promovendo a inclusão produtiva e a integração econõmica de regiões menos desenvolvidas.

O secretário Nacional de Irrigação, José Doria, integrou o grupo do Governo Federal na sexta-feira, em Cuiabá, e reafirmou o compromisso da pasta, bem como empenho, para fomentar a agricultura irrigada no Estado. O levantamento das potencialidades locais nos auxiliarão no aprimoramento e aplicação das tecnologias de irrigação na região, trazendo melhorias e maior aproveitamento das áreas produtivas”.

A região Oeste de Mato Grosso será a primeira a passar pelo diagnóstico.

Conforme o secretário do Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura, que lidera os trabalhos para a criação do Plano, em três dias uma comitiva formada por representantes do Executivo, Legislativo e Governo Federal percorreu seis dos 14 municípios da região Oeste, onde se constatou que a ecuária leiteira, hortifrutigranjeira, moveleira e abate de frango são algumas das ações possíveis para a área, bem como o potencial turístico.

Eduardo Moura pontua que além de identificar as necessidades das grandes empresas, serão verificadas as do pequeno empreendedor e produtor rural. 

A parceria entre o Governo de Mato Grosso e o Ministério da Integração Nacional será oficializada entre os dias 18 e 19 de março. "Oficializaremos essa parceria entre os dias 18 e 19 de março, quando serão executadas ações em Vila Bela da Santíssima Trindade em comemoração ao aniversário da primeira capital de Mato Grosso”, declarou o governador em exercício Carlos Fávaro.

 

 

Fonte: