Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

11/03/2016

Vistoria técnica definirá área de campo experimental de pesquisa


A parceria para pesquisa entre a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e a Fundação Mato Grosso começa a sair do papel. De 9 a 11 de março, o analista da associação, Eduardo Vaz, e a equipe do pesquisador da fundação, Leandro Zancanaro, estão vistoriando áreas para verificar a viabilidade de instalação de um campo experimental.

“Realizaremos a vistoria técnica agronômica nas possíveis áreas que podem ser o campo experimental, verificando as condições do solo, o histórico da propriedade para definir ações”, explica Eduardo Vaz. Além disso, a equipe atenta para as condições logísticas da área, como o acesso, a distância da sede e do município, entre outros pontos.

Após as verificações in loco, a equipe se reúne com os produtores rurais do município de Campo Novo do Parecis e apresenta os resultados das vistorias. “Queremos fazer um trabalho democrático, com a participação do produtor rural nas decisões, pois a pesquisa será realizada para melhorar o trabalho dele”, afirma Vaz.

A intenção é que nesta rodada já haja a definição da área onde será o campo experimental para o estudo do manejo de solos arenosos. Se isso ocorrer, a Aprosoja e a Fundação MT trabalharão a parte contratual e o planejamento de estruturação da área. O objetivo é iniciar as pesquisas na safra de soja 2016/17.

“A parceria é fundamental para unirmos forças e avançarmos na pesquisa em Mato Grosso, melhorando assim as condições da agricultura do Estado”, diz Nery Ribas, diretor técnico da Aprosoja. Para o pesquisador da Fundação MT, Leandro Zancanaro, o objetivo é viabilizar trabalhos sistêmicos de longa duração. “São duas instituições que tem o mesmo público – os agricultores, e a ideia é viabilizar a discussão a campo sobre situações reais, atuais e futuras da agricultura”, afirma.


Fonte: