Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksInício / Media Center / Notícias

Notícias

09/10/2013

Mato Grosso solicitou R$ 215 milhões para construção de silos, diz Banco do Brasil

​A partir dessa semana, serão assinadas as primeiras cédulas para a liberação de recursos do governo federal para a construção de armazéns. De acordo com a Superintendência do Banco do Brasil em Cuiabá (MT), já foram solicitados R$ 215 milhões para a construção de cerca de 50 silos no Estado. Pressionados pela falta de estrutura, os produtores, no entanto, reclamam da demora para acessar os recursos públicos.
 
Na propriedade de seu Valter Peruzzi, na cidade de Vera, no Médio Norte do Estado, o ritmo é de obras. O armazém, com capacidade para 35 mil toneladas de grãos, começa a tomar forma. A construção é financiada pela iniciativa privada. O produtor resolveu não esperar a liberação da verba federal.
 
– Gasta tempo e papel não seca nem guarda os grãos. Tem que fazer a conta e construir – afirma.
 
A produção de Mato Grosso disparou nos últimos anos e o Estado não tem mais capacidade para armazenar as consecutivas supersafras. Com o milho já colhido e a chegada da safra de soja, a oferta de grãos deve passar de 45 milhões de toneladas, enquanto a capacidade de armazenagem do Estado é para apenas 28 milhões de toneladas.
 
A Aprosoja acredita que os recursos públicos serão bem-vindos. Quanto às solicitações de documentos, como os que comprovam as observações de normas ambientais, não há muito o que fazer. A entidade lembra que são regras do sistema bancário e é preciso entender que a cobrança dentro dos biomas amazônia e pantanal é ainda mais rigorosa.
 
 
Fonte: