Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

23/03/2016

Para USDA, exportação brasileira de frango cresce perto de 8% em 2016

Campinas, 23 de Março de 2016 - Pelas projeções do Departamento de Agricultura dos EUA, as exportações brasileiras de carne de frango, que já registraram expansão próxima de 8% em 2015, devem manter o mesmo ritmo em 2016 e, novamente com incremento em torno de 8%, tendem a superar pela primeira vez a marca dos 4 milhões de toneladas. Esse resultado refere-se apenas à carne de frango in natura.

Para o USDA, a produção brasileira de carne de frango irá aumentar 3,00%, índice ligeiramente inferior ao registrado em 2015 (3,58%). E, aqui, o motivo principal para a expansão menor é a recessão interna, fator que, combinado ao alto custo alimentar, pode ocasionar alguma desaceleração no primeiro semestre do ano e vai interferir na rentabilidade do setor.

As exportações mantêm o ritmo anterior, embaladas, ainda, pelos registros anteriores de Influenza Aviária em vários países e influenciadas, também, pela desvalorização do real (fator que neste instante - nós brasileiros sabemos - se encontra ligeiramente superado, podendo refletir-se negativamente nas negociações do setor).

No gráfico abaixo, a evolução das exportações brasileiras de carne de frango entre 2006 e 2016 (2016: previsão), segundo os números anuais do USDA. Notar que, nesse período, em apenas três ocasiões (2006, 2009 e 2013) o segmento registrou queda de volume em relação ao ano anterior.

Clique aqui para acessar, em inglês, o estudo do USDA sobre as tendências da avicultura de corte brasileira no decorrer de 2016. Notar que se trata da segunda previsão do gênero, atualizando projeções anteriores, efetuadas em novembro de 2015.​

Fonte: