Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

14/04/2016

Soja em 2016 deve representar 45% da renda no campo em Mato Grosso

A soja em 2016 deve representar em Mato Grosso 45% da renda da porteira para dentro. O Valor Bruto da Produção (VBP) projetado para este ano no Estado é de R$ 72,229 bilhões, sendo R$ 32,528 bilhões provenientes da soja. O resultado na oleaginosa, a princípio diante a não confirmação do volume colhido, até o momento, decorre dos preços que nestes primeiros meses de 2016 superaram os de 2015.

Os números são da Coordenação-Geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e referem-se às projeções de março. O Valor Bruto da Produção, como o Agro Olhar já destacou, corresponde ao faturamento bruto dentro das propriedades. O cálculo é realizado com base na produção da safra agrícola e da pecuária e nos preços recebidos pelos produtores brasileiros, o valor real da produção, descontada a inflação, é obtido pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Os R$ 72,229 bilhões projetados em março para a renda da porteira para dentro supera em 0,91% os R$ 71,575 bilhões estimados em fevereiro.

Conforme o levantamento, dos R$ 72,229 bilhões a agricultura corresponde a R$ 57,854 bilhões, enquanto a pecuária R$ 14,375 bilhões.

Mato Grosso possui hoje uma estimativa de 28,505 milhões de toneladas, porém o volume ainda não se confirma diante o andamento da colheita. Hoje, o preço médio da saca de 60 quilos está em R$ 59,09, superior aos R$ 55,36 constatados em abril do ano passado. Em março eram R$ 58,94. Janeiro foi o maior pico de 2016 com média de R$ 66,76, valor acima dos R$ 53,25 do mês o ano passado.

Para o milho, aponta o VBP, são previstos ganhos de R$ 10,950 bilhões diante da previsão de aproximadamente 19 milhões de toneladas e preços que chegam a R$ 30 a saca de 60 quilos em média.

No algodão R$ 11,591 bilhões são estimados. As perspectivas apontam para o estado uma produção de 985,7 mil toneladas de algodão em pluma nesta safra 2015/2016. Assim como na soja e no milho, os preços do algodão em 2016 estão melhores que em 2015. Em abril a média da arroba da pluma de algodão (15 quilos) é de R$ 74,81 contra R$ 66,11 do mês o ano passado.

Pecuária

Já dos R$ 14,375 bilhões da pecuária, R$ 10,203 bilhões correspondem à bovinocultura. Já o frango/aves R$ 2,191 bilhões, enquanto a suinocultura R$ 720,09 milhões.

Leite e ovos, segundo as perspectivas do Valor Bruto da Produção, devem registrar R$ 573,3 milhões e R$ 686,03 milhões, respectivamente, em 2016.

Brasil

A estimativa do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) brasileiro ara este ano é de R$ 512,9 bilhões, de acordo com dados de março. Do total, a agricultura é responsável por R$ 336,7 bilhões (65,6%), e a pecuária, 176,2 bilhões (34,4%).​

Fonte: