Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

26/04/2016

Imea estima alta de 10,5% no custo de produção da soja em MT

​O custo variável de produção da soja em Mato Grosso na safra 2016/2017 deve subir 10,5% em relação ao ciclo atual e atingir R$ 2,810 por hectare. Os cálculos são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), que em seu boletim semanal divulgado hoje destaca o fato de os produtores até março já terem adquirido 36,57% dos insumos que serão utilizados no plantio que será realizado a partir da segunda quinzena de setembro deste ano.

Sem precisar o percentual, o Imea relata que o ritmo de compra dos insumos superou o registrado ao final do primeiro trimestre do ano passado. “Os agricultores aproveitam do recuo na taxa de câmbio para avançar nas compras dos insumos”, dizem os técnicos do Imea. A colheita da soja em Mato Grosso está praticamente finalizada, com 99,6% colhidos até a semana passada.

Os técnicos do Imea calculam que levando em consideração a produtividade estimada para a safra atual, o ponto de equilíbrio da soja passaria de R$ 49,32 por saca na safra 2015/2016 para R$ 54,47 por aca na safra 2016/2017. Eles alertam que devido à alta volatilidade do dólar, “o risco da próxima safra se eleva e, por isso, o planejamento da safra, sobretudo, com relação ao descasamento da moeda no momento da compra de insumos e venda do produto, deve ser bem calculado pelo produtor”.

No boletim os técnicos também destacam o aumento significativo do preço da soja na última semana, resultado da combinação positiva da variação cambial, prêmios nos portos e alta das cotações na Bolsa de Chicago. O indicador do Imea subiu 5,94% para R$ 62,92/saca. Na indústria a margem bruta de esmagamento recuou 11,88%. “O aumento nos preços médios do farelo e óleo não foi o suficiente, comparado à alta nos preços de soja em grão”, dizem eles.​​

Fonte: