Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

03/05/2016

Abril tem expansão anual no volume e na receita cambial da carne

​Impulsionadas, sobretudo, pelas carnes suína e de frango, as exportações brasileiras de carnes fecharam o quarto mês do ano com uma expansão significativa no volume embarcado - +23,22% em relação a abril de 2015. Tal resultado contribuiu para o aumento da receita cambial, que registrou incremento anual de 6,26%.

Em termos de volume, a menor contribuição veio de carne bovina, com menos de 4% de aumento. Já os embarques de carne de frango aumentaram acima de 25% e os de carne suína 47%. Com isso, apesar dos preços médios continuarem negativos em relação a abril do ano passado, a receita global da carne suína aumentou quase 17% e a da carne de frango perto de 10,5%, neutralizando a redução de 2,22% na receita cambial da carne bovina.

Porém, comparativamente ao mês anterior, março de 2016, os resultados não foram tão bons – mas simplesmente porque o mês foi mais curto, com dois dias úteis a menos. Assim, a apenas a carne de frango conseguiu obter pequeno aumento (+2,72%) no volume embarcado.

De toda forma, é promissor o fato de que as três carnes obtiveram ligeira recuperação no preço médio. Aliás, alcançaram no mês o melhor preço médio do ano, sinalizando paulatina recuperação de preços no decorrer do exercício.

Mas isso, claro, não foi suficiente para impedir que a receita cambial de abril continuasse quase 5% aquém da registrada no mês anterior. Não por culpa da carne de frango, cuja receita aumentou mais de 4%, mas em função, exclusivamente, da carne bovina, cuja receita ficou mais de 17% aquém da registrada no mês anterior. A carne suína teve aumento de receita apenas marginal, inferior a 1%.

​​
Fonte: