Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

21/09/2016

COPAGRIL I: Aberto o período de zoneamento agrícola da soja

A partir desta quarta-feira (21/09) começa o período de zoneamento agrícola de risco climático para a cultura de soja na região Oeste paranaense visando à safra de verão 2016/2017. Com isso, ficam liberados nesse dia os trabalhos de plantio em lavouras cujos produtores contam com custeio, seguro agrícola e Proagro. O zoneamento agrícola é determinado pelo Ministério da Agricultura com base em estudos da Embrapa, e tem o objetivo de minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos, além de identificar a melhor época de plantio das culturas, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares. O estudo faz parte da política agrícola do governo e da gestão de riscos da agricultura.

Portaria - No Paraná, a Portaria N° 193 de 2015 da Adapar estabelece o período de semeadura da soja entre 16 de setembro e 31 de dezembro, sendo assim, houve produtores que já plantaram.

Chuvas - Em Marechal Cândido Rondon e região, as chuvas ocorridas no domingo (18/09) e segunda-feira (19/09) favoreceram as lavouras já implantadas e também a condição do solo para os trabalhos de plantio desta semana.

Melhores condições - De acordo com o setor Agronômico da Copagril, é importante fazer o plantio nas melhores condições possíveis, já que a semeadura é a etapa mais importante na condução da cultura e não é possível corrigir após a execução do trabalho.

Melhor época - Conforme o engenheiro agrônomo Edimar Oswald, a melhor época de plantio depende do cultivar escolhido. “Normalmente os cultivares de ciclo mais precoce são plantados mais tarde, e os de ciclo mais longo, de crescimento indeterminado, permitem o plantio mais cedo. É importante a consulta junto ao seu assistente técnico para saber a melhor época”, orienta.

Recomendações - Dentre as recomendações dele estão: fazer o plantio no limpo, para que não ocorra competição inicial; umidade adequada de solo; cuidado com a boa cobertura da semente e profundidade de plantio, que deve ser de aproximadamente 5 a 6 centímetros. “Sementes maiores é possível aprofundar um pouco mais, pois elas necessitam um pouco mais de água para iniciar o processo da germinação”, complementa Edimar, ressaltando que o número de sementes por metro deve ser de acordo com a recomendação do genitor da semente, e também época de plantio.

Cuidado - O profissional ainda recomenda que o agricultor tenha cuidado com relação ao fertilizante, que deverá ser colocado abaixo ou ao lado da semente, e nunca junto da semente. “Principalmente os fertilizantes com alto teor de potássio, o qual pode causar salinidade e a consequente morte da plântula”, frisa Edimar.

Semente - Quanto à semente, ele indica efetuar o plantio com a semente tratada principalmente com fungicida, sendo que isso dá produtor maior segurança de emergência, pois o fungicida protege a semente de fungos. Também é recomendado sempre utilizar inoculante específico no momento do plantio.

Sucesso - Seguir as recomendações técnicas na hora do plantio poderá ampliar significativamente as chances de sucesso com a lavoura e uma safra com bons índices de produtividade.

Fonte: