Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksDuPont Pioneer / Media Center / Notícias

Notícias

10/02/2017

Tecnologia é o que segura e atrai o jovem para o campo

A tecnologia é o que segura e atrai o jovem para o campo. A afirmação é do presidente da John Deere no Brasil, Paulo Hermann, que participou da Campus Party Brasil, evento de inovação tecnológica que se encerrou no último domingo em São Paulo (SP).

Segundo o executivo, o jovem não é atraído por equipamentos ou soluções obsoletas. “Ele vai atrás do desafio, da modernidade, e é isso que o agronegócio tem que oferecer”, diz Hermann, que acrescenta: “a tecnologia da informação é fundamental, não se discute mais agricultura sem tecnologia”.

De acordo com o presidente da John Deere, hoje já se observa fenômeno diferente de alguns anos. Atualmente, ressalta Hermann, existem muito mais jovens oriundos do campo que se deslocam para estudar nas cidades, mas que após o aprendizado retornam para o interior, a fim de trabalhar em atividades ligadas ao agronegócio.

Na avaliação do executivo, somente a intensificação tecnológica terá potencial para resolver o ‘gap’ estrutural relacionado à segurança alimentar global. Isso porque, de um lado, explica Hermann, a população rural vem diminuindo ano a ano. “Temos, por exemplo, aproximadamente apenas 14% da população brasileira vivendo nos núcleos rurais.”

Em contrapartida, pontua o presidente da John Deere, na outra ponta a população urbana só aumenta, demandando cada vez mais produtos agrícolas, como os alimentos. “Esta conta não está fechando, e somente poderá ser fechada ou minimizada com o uso cada vez mais intensivo da tecnologia na produção rural.”

Segundo Hermann, o agronegócio precisa da energia criativa dos jovens. “Todo lar tem um ‘campuseiro’, e precisamos estar perto deles.” Entre os desafios para expansão cada vez maior da tecnologia da informação no dia a dia do agronegócio, o executivo chama atenção para necessidade de se melhorar a conectividade no campo.

O novo Plano Safra deverá ter uma linha de crédito para apoiar a ampliação do uso da conectividade no campo, afirmou recentemente o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller. ”Isso contribuirá para melhorar ainda mais a gestão das propriedades rurais, por meio da informatização e do acesso à internet. A inovação tecnológica é um dos fatores para alavancar mais a produtividade agrícola”, disse Geller.​

Fonte: